26/01/2023 às 11h07min - Atualizada em 27/01/2023 às 04h09min

Ceopag projeta 150 novas unidades com foco na Região Sudeste e prevê volume de transações em R$ 577 milhões

Até o final de janeiro, rede irá lançar parcelamento em até 21 vezes no cartão de crédito; com esta opção de parcelamento profissionais liberais podem aumentar o seu volume de vendas em aproximadamente 30%

SALA DA NOTÍCIA Paulo Mello
A Ceopag, rede de franquias de meios eletrônicos de pagamento, prevê a abertura de 150 novas unidades em todo o Brasil com um foco de expansão nas cidades do interior da Região Sudeste do país. A rede prevê volume de transações em R$ 577 milhões até o final do ano e o otimismo é em decorrência do crescimento exponencial de transações realizadas por cartões de crédito e débito. De acordo com a Abecs (Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços), no primeiro semestre de 2022, esse tipo de transação aumentou em 36,5% caso comparado ao mesmo período de 2021. Os valores chegaram a R$ 1,6 trilhão em transações Até o final de janeiro, rede irá lançar  parcelamento em até 21 vezes no cartão de crédito; com esta opção de parcelamento profissionais liberais podem aumentar o seu volume de vendas em aproximadamente 30%.
 
“O consumidor está muito mais digital. Poucas pessoas utilizam o dinheiro físico hoje em dia. É muito mais prático utilizar um cartão, seja este de crédito ou débito. Em contrapartida, o número de PMEs e MEIs vem aumentando ano após ano. A isso se deve também o crescimento da Ceopag. Novas empresas devem atender um novo perfil de consumidor, que paga por meios eletrônicos e digitais. Nesse aspecto, a Ceopag vem para ser uma ponte e um facilitador de compra e venda entre o empresário e o cliente”, comenta Kawel Lotti, fundador e CEO da Ceopag.
 
Na prática, o franqueado da rede deve realizar a prospecção de novos estabelecimentos para vender as máquinas de pagamento da Ceopag. Com toda a versatilidade do modelo home based, o franqueado conta com o suporte da franqueadora, seja com o sistema das máquinas como também com orientação para o mesmo alcançar os resultados desejados.
 
“É um negócio muito rentável. Em qualquer cidade no país existem comércios, mas decidimos focar nas cidades do interior devido a ser um campo aberto para as empresas de meios eletrônicos de pagamento. Ali possuem diversos empresários que querem uma solução para aqueles clientes que desejam pagar com cartões. Nós somos a solução”, comenta Kawel. “Nossos franqueados possuem diversas opções para realizar as suas vendas”, finaliza.
 
A expansão da Ceopag e Ceofood é feita por meio de franquia. A Ceopag possui duas modalidades de franquia: a Home Based, que é uma opção para quem quer comandar um negócio mas utilizando de um baixo investimento, com um investimento inicial de R$20 mil, faturamento médio mensal entre R$5 mil a R$7 mil e previsão média de retorno de 6 a 12 meses. Já a franquia Master Nacional possibilita que o empreendedor atue em conjunto com a franqueadora na expansão e gestão dos franqueados da sua carteira. O investimento neste modelo é a partir de R$100 mil, com ganhos mensais de R$20 a R$30 mil e retorno de 12 a 18 meses.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp