20/01/2023 às 11h19min - Atualizada em 20/01/2023 às 12h09min

Farmácia: uma das áreas que mais contratam e crescem no Brasil

Por Patrícia Rondon Gallina*

SALA DA NOTÍCIA Valquiria Cristina da Silva Marchiori
A profissão farmacêutica é considerada milenar e teve início no Brasil com a chegada de Diogo de Castro, vindo com as navegações portuguesas, ele foi considerado o primeiro boticário do país. O boticário era o profissional autorizado a manipular medicamentos, exercendo a função que hoje corresponde ao trabalho do farmacêutico. Apenas em 1832, foi que o primeiro curso de farmácia teve início no Rio de Janeiro, e a profissão tornou-se regulamentada em 1931, passando a ser exercida por profissionais diplomados.

Atualmente, existem dez linhas de atuação para os farmacêuticos, sendo elas: alimentos, análises clínico-laboratoriais, educação, farmácia, farmácia hospitalar e clínica, farmácia industrial, gestão, saúde pública, toxicologia e práticas integrativas e complementares. Porém, o farmacêutico não está limitado a esses campos de atuação, pois existem 136 especialidades que estão divididas dentro destas grandes áreas. Deste modo, o profissional pode atuar em avaliação de tecnologia em saúde, auditoria em saúde, bancos de sangue, sêmen e leite, cultura celular, garantia de qualidade, gestão ambiental, reprodução humana, saúde estética, nanotecnologia, vacinação, vigilância sanitária, entre outros.

Com tantas possibilidades, não é de se surpreender que o farmacêutico desponte entre os profissionais mais contratados. Pesquisas de empregabilidade revelam que 80% dos recém-formados no curso de farmácia conquistam seu primeiro emprego logo após concluir a graduação, levando a profissão para o topo da lista das dez áreas que mais contratam recém-formados, ao lado de profissões como medicina e computação. Esses dados podem ser, facilmente, explicados pela quantidade de estabelecimentos farmacêuticos no país, que conta com mais de 90 mil farmácias e drogarias. A expectativa é que esse mercado cresça mais de 10% em 2023, entrando para a lista dos top 5 maiores mercados da indústria farmacêutica mundial.

No dia 20 de janeiro é comemorado o Dia Nacional do Farmacêutico, a data foi criada como forma de reconhecer o trabalho desses profissionais e lembrar as pessoas da importância do farmacêutico para a sociedade. Além das suas conquistas que permeiam a história da humanidade, como a descoberta da penicilina e da morfina, da água termal, do desenvolvimento da farinha láctea e do tônico para o cérebro, popularmente, conhecido como coca-cola. O farmacêutico ainda é o profissional mais capacitado para orientar e educar a população sobre os aspectos relacionados aos medicamentos, tornando-se uma fonte confiável de conhecimento. Por isso, nesta data, lembre-se daquele que, ano após ano, trabalha visando a promoção, proteção e recuperação da saúde, superando inúmeros desafios para cuidar do próximo, buscando o bem-estar da comunidade.

*Patrícia Rondon Gallina é farmacêutica, mestranda em Ciências Farmacêuticas e professora do Centro Universitário Internacional Uninter.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp