24/02/2015 às 16h42min - Atualizada em 24/02/2015 às 16h42min

Lei Rouanet e Chico Buarque

Estou na cola de esquerdopatas

Deborah Albuquerque/ Rodrigo Constantino
Deborah Albuquerque - Gazeta

Hoje fui conferir a "obra" patrocinada em destaque em shopping luxuoso em São Paulo.O antídoto contra o esquerdismo caviar daqueles que adoram Cuba de Paris chegará logo depois.Com o lançamento de O Irmão Alemão, de Chico Buarque, em fevereiro, a Companhia das Letras iniciou sua operação em Portugal. Lá, ela será um selo da Penguin Random House Grupo Editorial e ficará responsável pelos títulos de autores de língua portuguesa.

Isso ajudará a tornar o ícone de nossa esquerda caviar mais conhecido em Portugal e, com isso, suas incríveis ideias políticas. Como, por exemplo, a defesa do regime cubano, aquele bastião da “justiça social” no mundo. Ou do PT, um dos partidos mais éticos que já surgiram no Brasil.

Mas calma, companheiros do Molusoco ! Nem tudo está perdido. Sei que a “chegada” de Chico, ainda que na forma de literatura, vai adicionar lenha na grande fogueira socialista que já queima neurônios por aí, aos montes. Só que a brigada de incêndio vem logo atrás!

Falo, com muito orgulho, do lançamento de Esquerda Caviar em Portugal, pela editora Alêtheia, o que deve ocorrer em março. O livro passará por algumas adaptações e contará com prefácio do brilhante João Pereira Coutinho, além de orelha do meu amigo e intelectual de peso Bruno Garshagen. Eis a capa proposta pela editora, elegante e refinada.

Comigo é assim: os hipócritas que “adoram” o socialismo enquanto curtem todas as benesses que só o capitalismo pode oferecer não terão sossego! Não adianta atravessar o oceano Atlântico, que eu vamos atrás!

Só para ver a banda podre dos bajuladores de ditaduras socialistas passar…


 

 


Novo livro de Chico Buarque em destaque no Shopping JK Iguatemi - SP


 

 

Link
Tags »
Relacionadas »
Comentários »