10/01/2022 às 06h38min - Atualizada em 10/01/2022 às 06h19min

Médicos dão exemplo

Além do caminho tradicional da medicina, jovens médicos optam por empreender – e socialmente - dentro da nova profissão.

(Fonte: RMC R\Macuco Comunicação)
(Foto: Divulgação)
O caminho diferente foi escolhido pelos médicos egressos da UFSC Délcio Castagnaro, 27 anos, e Ademar Paes Jr, 44, voluntários da Hacking Health, ONG canadense que trabalha na recuperação de hospitais filantrópicos de Santa Catarina. Délcio é diretor do hospital Santa Luzia, em Ponte Serrada, e Ademar é diretor de inovação do Hospital de Caridade e presidente da Associação Catarinense de Medicina, parceira da ONG.
 
Em Ponte Serrada, no oeste catarinense, com Délcio à frente, está o exemplo do trabalho que a HH desenvolve e que deseja replicar em outros hospitais filantrópicos de SC, incluindo os da Grande Florianópolis. Com trabalho multidisciplinar, de impacto social, de engajamento e de Design Thinking – com ações de inovação e criatividade - foi possível transformar o hospital, que estava à beira da falência, em referência no estado em apenas dois anos de trabalho, mesmo com pandemia.
 
Segundo Ivan Moraes, da HH, a ACM fomenta eventos para propor soluções práticas e inovadoras para a saúde, como estas.
Link
Henrique Harmonia

Henrique Harmonia

Atualmente com Colunas em 7 Jornais, 3 Revistas e 3 Portais de Notícias, além do Programa Em Harmonia, exibido em 17 emissoras de 8 estados do Brasil.

Relacionadas »
Comentários »