30/11/2021 às 14h58min - Atualizada em 30/11/2021 às 14h57min

Como começar o próprio negócio

Abrir o próprio negócio não é uma das tarefas mais simples. Requer muito esforço, paciência e objetividade no que se quer fazer de fato. Sem contar com o quesito importante que é como conseguir dinheiro  para tocar para frente seu empreendimento. 

O investimento inicial é interessante, mas não é ele quem ditará se o projeto vingará ou não. Há diversos outros itens que merecem ser também priorizados, como pesquisa de mercado, planejamento estratégico, custos iniciais, profissionais envolvidos entre outros.

 

Próprio negócio sem rodeios
 

O cenário atual não está fácil para ninguém, nem mesmo para grandes empresas consolidadas. O coronavírus piorou a situação ainda mais do que antes. No entanto, a pandemia, por outro lado, fez com que o número de empreendimentos aumentasse e trouxe à tona ideias e novas perspectivas de mercado.

 

Abrir o próprio negócio tornou-se mais viável e mais acessível na vista do novo empreendedor. Mas para quem quer empreender é necessário separar um tempo e colocar as ideias em ordem: 

 

Uma ideia, um papel e uma caneta - O que será o projeto? No que ele será baseado? No que ele vai ajudar as pessoas? Escrever é sempre imprescindível, então, monte um esboço de toda a estrutura e o que seu empreendimento irá abordar. Com ele você poderá até obter novas ideias e deixá-lo enxuto na execução do plano de negócios.

Pesquisa de mercado - É hora de procurar saber mais a respeito do que anda acontecendo a sua volta. Isso quer dizer, estudar a respeito da área que vai atuar, concorrência, novidades de mercado envolvido, etc. Quando mais aprofundada for a pesquisa, mais certeiro será o seu plano de negócios.

 

Planejamento estratégico - Empreender requer uma boa organização. Para isso acontecer, é de grande importância um planejamento estratégico. Nele deverá conter alguns passos que devem ser elaborados pelo empreendedor, como: identidade organizacional (missão, visão e valores); metas e indicadores; plano de marketing e de plano de ação.

 

 Investimento inicial - Para abrir o próprio negócio é importante ter um capital inicial, independente do valor, há sempre o que se gastar nesta etapa embrionária. Na hora de fazer o cálculo, vale a pena pensar em como adquirir a grana, podendo ser com pessoas próximas ou até com um empréstimo pessoal online, dependendo do tamanho do projeto.

 

Além disso, é relevante ler mais a respeito do empreendedorismo. Há quem pense que empreender é algo simples e fácil de fazer, o que, na prática, é justamente o contrário. 

 

A Internet vem ajudar com seus diversos artigos e cursos especializados em várias áreas de atuação. Sem contar com sites específicos para quem de fato quer empreender e sair da carteira assinada para abrir seu próprio negócio.

 

Os futuros empresários ainda têm o método antigo do bate-papo presencial. Amigos e donos de estabelecimentos muitas vezes são ótimos em dar conselhos e tirar pequenas dúvidas e ideias da cachola. 

 

 Consolidação do próprio negócio

 

Para quem já está com tudo pronto é hora de consolidar o próprio negócio com a ajuda do regime tributário de Microempreendedor Individual (MEI). Ele facilita a vida do novo empreendedor devido ao custo de abertura que é zero e a manutenção da taxa de tributação é de R$ 53,70 por mês, no máximo.

 

É importante ir ao Portal do Empreendedor e buscar mais a respeito do assunto, pois o MEI tem diversas ocupações exigidas e a sua pode não estar dentro delas. Além disso, também há uma série de exigências estabelecidas pelo regime tributário. 

 

Tudo pronto, mas cadê o dinheiro?

 

Por mais que seu projeto seja online com custo zero para montar, se faz necessário ter uma pequena verba para pelo menos uma criação de campanha. É normal esse capital inicial.

 

Existem algumas formas de conseguir o valor inicial que tanto precisa, como conseguir empréstimo. Ele te dará uma tranquilidade ao receber o dinheiro rápido e poder pagar com parcelas a sua escolha.  

 

A SuperSim vem se destacando no mercado das fintechs pela alta taxa de aprovação de crédito. O empréstimo pessoal online da empresa, após aprovado, sai em até 30 minutos. 


Independentemente da forma de obter o capital inicial, por amigos ou tomando dinheiro emprestado, é importante ter certeza que esse é o caminho que deseja. Sair da carteira assinada e partir para o próprio negócio será uma grande aventura que mudará a vida toda.
Link
Lucas Widmar Pelisari

Lucas Widmar Pelisari

Descobrindo o Marketing Digital, dicas de como aumentar tráfego orgânico e otimização no posicionamento de domínios perante motores de busca

Relacionadas »
Comentários »