24/11/2021 às 17h21min - Atualizada em 24/11/2021 às 17h18min

TIÃOZINHO DA MOCIDADE

(Foto: Divulgação)
Cantor, Compositor, Conselheiro do Museu do Samba, Conselheiro e Diretor Cultural do G.R.E. Samba Mocidade Independente de Padre Miguel, Diretor Cultural e Artístico da Velha Guarda da Mocidade e Membro do Conselho de Samba do Rio de Janeiro. É afilhado da Elza Soares no mundo do samba. Hoje os baluartes do samba carioca o elegeram a voz e a identidade musical da Zona Oeste do Município do Rio de Janeiro – Brasil. Vencedor de cinco sambas de enredos pela Escola de Samba M.I.P. Miguel, sendo três obras consagraram a agremiação como campeã do carnaval na avenida. Venceu também no carnaval de Manaus, Tocantins e São Paulo. No exterior ajudou a fundar escolas de sambas na França, Finlândia e Suécia. 
Atualmente esta trabalhando para mais uma fundação no Canadá.
Esta é a contribuição de Tiãozinho da Mocidade para divulgar o que há de melhor na cultura carioca o nosso SAMBA.
Realizações como compositor da G.R.E.S. Mocidade Independente de Padre Miguel
Sambas vencedores – Desfile Oficial das Escolas de Samba do Rio de Janeiro:
1983 Como Era Verde o Meu Xingu.
1985 Ziriguidum 2001 Carnaval nas Estrelas.
1986 Bruxaria e Histórias do Arco da velha.
1990 Vira Virou a Mocidade Chegou.
1991 Chê Chuá, as Aguas Vão Rolar.
Realizações como compositor – outras escolas de samba  
1986/1987 G.R.E.S. Unidos de São Carlos – São Paulo
1987 G.R.E. S Ecologia – Tocantins
1994 G.R.E.S. Acadêmicos da Rocinha – Rio de Janeiro
1995/1999 G.R.E.S. Gaviões da Fiel – São Paulo
1996 G.R.E.S. Acadêmicos da Rocinha – Rio de Janeiro
1995 G.R.E.S Mocidade Independente de Ipixuna – Manaus.
1996/1997 G.R.E. S Coroado – Manaus (Bi-campeão do carnaval)
2007 G.R.E.S. Piratas da Batucada - Amapá
2007 Escola de Samba Flor da Idade – Secretaria Especial de Qualidade de Vida – Prefeitura Rio de Janeiro.
2014 Calgary – Canadá – compôs especialmente para carnaval
2015 Escola de Samba Unidos de Londres - Londres
Realizações como compositor campeão e Fundador das Escolas de samba no exterior
1987 Escola de Samba Unidos de Ludivika - Suécia
1999 Escola de Samba Unidos da Roseira – Finlândia
2000 Ecole de Samba Tuc – França
Atividades Realizadas entre os anos 2012 a 2014
Compôs o samba enredo para Escola de Samba Unidos de Londres para carnaval de 2014. Foi jurado de samba das escolas de samba de Portugal.
Idealizador e apresentador do projeto  Conversa de Sambista é Samba cujo objetivo é cantar a vida e obra do baluartes que fizeram do samba um patrimônio cultural brasileiro, nesta edição ele divide o palco ao lado de Noca da Portela e Zé Katimba.
Foi um dos entrevistados para revista do samba no artigo Vozes do Samba: Memória e Identidade dos Sambistas Carioca promovido pelo Centro Cultural Cartola com apoio do IPHAN.
Seu samba Chuê Chuá foi escolhido para ser o samba que norteia o Carnaval da Argentina.
Fez show na escola de samba Mocidade Independente do Coroado – Manaus.
Gravou o programa Na Levada do samba na TV NGT-RIO.
Gravou o programa Samba na Gamboa ao lado do Andrezinho.
Gravou na  TV Boa Vontade Canal Brasil Programa Samba e História.
Gravou o  Programa Jorge Perlingeiro.
Gravou depoimento na TV WEB Programa Fala Favela na  TV Educativa.
Comandou o Pré - Carnavalesco de 2014 na Gafieira Elite.
Foi Jurado das Escolas de Samba Grupo Especial, na Cidade de Canoas no Rio Grande do Sul.
Exportou o Samba brasileiro para cidade de Calgary no Canadá, apresentando o seu show Pra Falar de Samba tem que falar de Padre Miguel também.
Fez Show ao lado de Dona Ivone Lara e convidados no Projeto Samba Pascoal – lona Cultural Hermeto Pascoal – Bangu.
Fez show com a Velha Guarda da Mocidade no  SESI Cultural – Projeto Haroldo Costa em Samba e Outras Coisas.
Comandou sua Roda de Samba Ziriguidum 2011 na Gafieira Estudantina Musical.
Show no  Clube Monte Líbano – RJ.
Ministrou palestra sobre samba  e fez show na   9º Semana de Museus História da África e Afro Brasilidade no MHN – Museu Histórico nacional no RJ.
Fez show Pra falar de samba tem que falar de Padre Miguel também no  Cepel -  Eletrobrás RJ.
Fez show Pra falar de samba tem que falar de Padre Miguel também Clube ASE – Juiz de Fora.
Foi jurado de samba enredo do Bloco da FINEP – Rio.
Foi entrevistado no Espaço Cultural Estação Monsueto – Rádio Ziriguidum.
Jurado desde o 3º Concurso de samba de Quadra do RJ promovido pela Radice Produções e eventos.
Cantou no projeto Varandão Musical – Lona Cultural Hermeto Pascoal – Bangu.
Fez show no  Rio Scenarium.
Fez show no Estância do Samba.
Capitaneou o projeto Botequim da Rua Larga no Centro Cultural Light.  
Dividiu o palco com Monarco no Projeto Roda do Samba Urbano na Sala Baden Power.
Participação especial na Roda de Samba Os Caetanos.
Comandou a Velha Guarda da Mocidade com show samba para os namorados no Clube ASE de Juiz de Fora – MG.
Participou do projeto 3 bambas do Samba ao lado de Marquinhos PQD e Beto Correia no Centro de Convivência de Padre Miguel.
Cantou ao lado de Glaucea e Grupo Nossa Raiz  no dia internacional do samba em São Paulo.
Fez show o  Pra Falar de Samba Tem que Falar de Padre Miguel também no Rio Scenarium.
Fez show no Favelas ao lado do Grupo Batuk d`Gueto  no Projeto Encontro de Gerações na Lapa.
Participou do Criolice homenageando o Fundo de Quintal.
Cantou ao lado do Reinaldo o Príncipe do Pagode no show na fazenda São Bento em São Paulo.
Atualmente trabalhando no novo show Conversa de Sambista é Samba.
Foi convidado especial da  Roda de Samba de Partido Alto seguida da  Roda de Conversa, gravado ao vivo, pelo Programa Universidades de Bambas, elaborado pela parcerias UERJ, Radio Nacional e Rede Carioca das Rodas de
Samba em Outubro de 2017 no Teatro da UERJ.
Foi convidado para compor a Mesa de Debates durante o Seminário Escolas de Samba ( história pública, saberes e arte) no quesito Composição, competição e performance na UFF no Campos Gragoatá em 08/11/2017.
Recebeu homenagem do Site Carnavalesco em 18/11/2017, pelo Dia da Coinsciencia Negra onde também se apresentaram as baterias das Escolas de Samba:  Mocidade, Unidos de Padre Miguel e Beija-Flor de Nilopolis no Clube dos Sargentos da Vila Militar.
Foi convidado juntamente com a Velha Guarda da Mocidade e ambos homenageados com uma comenda pelo responsável da Organização do Evento com a finalidade  de comemorar o Dia de Zumbi dos Palmares. Tiaozinho comandou a Roda de Samba cantando e contando alguns de seus antologicos sambas campeões do Carnaval, onde todos saborearam uma feijoada, Roda de Capoeira, artesanatos, e a contação de historias da época da escravidão.
Tiaozinho realizou em novembro a ultima Roda de Samba, chamada Quintal do Tiaozinho, literalmente, realizada no quintal em Bangu, regado a Samba,  Bossa e Chorinho de 2017, que já faz há mais de seis meses,  em parceria com o Fabio Paschoal e músicos do Grupo Samba na Praça, com feijoada e uma forma de poder juntar os amigos e rever a todos.
Tiaozinho comemora os 32 anos de existência do Samba antológico Ziriguidum, 2001 e  neste último domingo de novembro comunicou a todos que sua Biografia será desenvolvida e escrita pelo Biógrafo e  Prof. Luiz Ricardo Leitão, da UERJ, responsável pelo acervo da Matrizes do Samba da Universidade, e está muito feliz.
Foi convidado pelo CANAL FUTURA da Globosat, para entrevista e um pouporri de seus sambas enredos antologicos que marcaram historia exibido no ultimo dia 12/02/2018, e acessado pelo Site a qualquer momento para quem desejar assistir.
Realizou a abetura do Baile de Carnaval a convite de uma parte da Sociedade de São Jose dos Sampos no Espaço Sao Jorge, com Baile de Marcaras e Marchinas, lembrando o carnaval tradicional e encerrando com Sambas autorais e Sambas mais conhecidos de vários carnavais.
No primeiro dia do Carnaval, sábado dia 10/02/2018, realizou Show no Terreirão do Samba a convite da Secretaria da Cultura em Projeto como convidado da Roda de Samba e da Grupo Arruda, enaltecendo os Sambas de Todos os Tempos autorais e da Mocidade Independente de Padre Miguel, a vencedora do carnaval da Sapucai em 2017.
. Tiãozinho da Mocidade compôs a Mesa de Discussão sobre Samba de Enredo no Arquivo Nacional elaborado pelo Jornalista Fred Soares como mediador, Claudio Russo. Compositor, Luiz Simas, Ricardo Cravo Albim.
Link
Henrique Harmonia

Henrique Harmonia

Atualmente com Colunas em 7 Jornais, 3 Revistas e 3 Portais de Notícias, além do Programa Em Harmonia, exibido em 17 emissoras de 8 estados do Brasil.

Relacionadas »
Comentários »