10/02/2012 às 00h09min - Atualizada em 06/05/2012 às 00h09min

Thalía volta a incomodar Rede Globo

As mocinhas interpretadas por Thalía ganham a simpatia do público.

Fabio Maksymczuk

Olá, internautas

Na década de 90, o SBT incomodava a TV Globo em pleno horário nobre com a exibição das novelas mexicanas. Em 1996, o então imbatível “Jornal Nacional” enfrentou uma sensível queda nos índices de audiência. A nova namoradinha do Brasil, Thalía, balançou as estruturas da Rede Globo, especialmente com “Marimar” e “Maria do Bairro”.

A repercussão foi tamanha que as revistas sobre telenovelas foram obrigadas a ceder mais espaço para as novelas exibidas pelo SBT (fato raríssimo até hoje, inclusive com as produções da Record). Em uma capa da Revista Contigo, por exemplo, a novela “A Indomada” ficou com metade da página. Na outra metade, surpreendentemente,  Thalía ganhou destaque.

Passados 15 anos, a força das novelas mexicanas protagonizadas pela atriz/cantora ainda permanece junto aos telespectadores (inclusive da nova geração). As reprises de “Marimar” e agora “Maria do Bairro” chegam perto ou ficam na liderança do IBOPE durante as tardes. Qual seria o segredo do sucesso?

As mocinhas interpretadas por Thalía ganham a simpatia do público. Maria Mercedes, Marimar e Maria do Bairro dão a volta por cima. Pobres no início da trama, sofrem humilhação dos vilões. Depois, superam os desafios e ganham o final feliz para deleite do telespectador. As tramas focam em poucos personagens. As histórias simples atingem em cheio o emocional do público que quer acompanhar a saga da heroína no capítulo seguinte.

Por isso mesmo, as constantes re-reprises alavancam a audiência do SBT, mesmo em uma situação decadente da emissora, se comparado aos anos 90. “Marimar” e “Maria do Bairro” exploram os ingredientes básicos da teledramaturgia que permanecem vivos em diferentes gerações.

Fabio Maksymczuk

Link
Tags »
Relacionadas »
Comentários »