13/05/2021 às 11h19min - Atualizada em 13/05/2021 às 11h18min

Como escrever uma ótima redação para o Enem

A redação é extremamente importante para sua nota no Enem. Por isso, é importante ter muito cuidado no momento da escrita. Leia, a seguir, algumas dicas para uma ótima redação!

Para a sua redação no ENEM, é pedido que você faça um texto dissertativo-argumentativo. Você precisa defender uma posição, usando bons argumentos, com coerência e coesão. Como treino, vale a pena dar uma olhada no tema da Redação do Enem 2020, que foi “O estigma associado às doenças mentais na sociedade brasileira“.

Normalmente, os textos pedem que você apresente uma proposta de intervenção social, alguma solução para um problema levantado pela pergunta norteadora - respeitando os direitos humanos.

As redações são avaliadas a partir de cinco competências. Cada uma delas pode receber uma nota entre 0 a 200 pontos. Sua nota final pode valer até 1.000 pontos!
 
As competências
 
Competência 1: Demonstrar domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa
 
O texto não pode ter marcas de oralidade, seguindo as normas cultas da língua portuguesa - tais como: acentuação, ortografia, uso do hífen, respeito às letras maiúsculas e minúsculas.
 
Competência 2: Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos da várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo em prosa.
 
A redação do ENEM deve seguir a proposta de um texto dissertativo-argumentativo. Para isso, você deve apresentar uma tese sobre um tema proposto, defendendo uma opinião, com fatos históricos, citações.
 
Competência 3: Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.
 
É muito importante que você saiba organizar suas ideias, trazendo clareza para a sua redação. Os corretores vão analisar a coerência do seu texto e se aquilo que você está apresentando faz sentido.
 
Competência 4: Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.
 
A utilização de todos os elementos de linguagem é avaliada na redação do ENEM. Elementos como conjunções, preposições, pronomes relativos, advérbios, todos contam para a análise da coesão de seu texto.
 
Competência 5: Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado que respeite os direitos humanos.
 
Esse é um dos passos mais importantes. A defesa da sua tese ao longo da redação deve conduzir a uma proposta de intervenção. Ou seja, uma solução para o problema proposto na pergunta. Ela deve ter coerência com as ideias que você expôs.

Nessa parte, é muito importante que você coloque em prática as ideias de respeito aos direitos humanos - os valores de cidadania, liberdade, solidariedade e diversidade cultural.
 
 
  • Redundância: Tome cuidado para não repetir a mesma informação ou argumento ao longo do texto. A redundância, ou pleonasmo, é prejudicial para a leitura do texto.
 
  • Exageros: Cuidado com os exageros! Evite hipérboles, pois elas não encaixam bem com uma redação argumentativa, como nos moldes do ENEM. Evite também o uso de exclamações, porque não é interessante para uma redação mais formal. O mesmo vale para o uso de muitas interrogações.
 
  • Frases longas: Evite usar frases muito longas. O leitor se perde nas informações quando as frases são mal pontuadas. O importante é transmitir seu argumento, sem deixar que a frase se perca no meio do caminho.
  • Citações: Para fundamentar bem um argumento, é sempre importante resgatar alguma citação - um filósofo ou um pensador conhecido. Mas evite o uso exagerado desses resgates, porque elas enfraquecem seu texto. É importante demonstrar que você possui ideias próprias e que sabe argumentar em favor do seu texto.
 
  • Regionalismos: A utilização de regionalismos linguísticos é vista com maus olhos pelos corretores das redações. Lembre-se: é importante prezar pela norma culta da língua. Para os textos argumentativos, você deve passar sua mensagem com clareza. Os termos regionais podem não ser compreendidos pelos avaliadores.
 
  • Vícios de linguagem: Atente para o fato de que argumentos próprios são muito importantes para as redações do ENEM. Por isso, a utilização de chavões ou lugares-comuns transformam seu texto em algo menos atraente.
 
  • O temido título
Lembre-se: toda boa redação começa com um excelente título. Caso você tenha dúvidas sobre como montar o título da sua redação, não se preocupe, eles não são obrigatórios. Se você tem muitas inseguranças para nomear seu texto, é melhor deixá-lo de fora, pois um título mal feito pode te prejudicar.
É importante que seu título seja feito após a elaboração do texto. Dessa forma, você já terá desenvolvido seu argumento e poderá nomeá-lo de maneira condizente.

O título ideal deve ser curto, tendo por volta de cinco palavras, explicando o que o leitor encontrará no texto. Ele não deve ser pontuado, e deve ser iniciado sempre por letra maiúscula.
 
Link
Lucas Widmar Pelisari

Lucas Widmar Pelisari

Descobrindo o Marketing Digital, dicas de como aumentar tráfego orgânico e otimização no posicionamento de domínios perante motores de busca

Relacionadas »
Comentários »