25/09/2014 às 08h55min - Atualizada em 25/09/2014 às 08h55min

Lincoln Pereira

Professor de Dança

Thiago Santos

 Thiago Santos: Louvada seja a deusa, Venus?

 Lincoln Pereira: Louvada seja, esta que é a  " deusa do amor e das artes", e eu como libriano, não poderia jamais deixar de louvá-la. Sei que a energia que circunda o Universo, influencia nosso comportamento terrestre e as relações humana.

 

 Sua alma não resistiu e logo, você fundou sua própria escola de dança e foi neste momento que ela, dançou alegremente?

 Minha alma sempre dançou alegremente. Sempre fui independente da fundação de dança Lincoln Pereira, que este ano completou 19 anos. Impulsionado por uma alegria interna, acredito ser fruto de uma vida feliz, vinda mesmo da minha relação familiar. Meus pais sempre foram de bem com a vida. Acredito que isto tenha influenciado também neste meu prazer de viver sempre, feliz. A fundação da escola de dança veio para consagrar a minha alegria, pois, foi através dela que pude canalizar para centenas de pessoas e impregnar através da arte do movimento, este bem estar.

 

 Diria você que é a dança que domina o corpo? Ou o corpo que domina a dança?

 Sem sombra de duvida eu diria que é a dança que domina o corpo, pois o movimento que acompanha o ser humano desde sua concepção, já norteia esta sensação "bailante".  Basta prestarmos atenção numa criança em formação e veremos como ela já tem seu próprio estilo, neste caso, o balé. E é esta mesma energia que move o mundo, os astros, as estrelas em seus deslocamentos celestiais, os pássaros que dançam para encantar os seus pretendentes e por aí vai, esta é a dança da vida.

 

 Quem foram seus grandes mestres nesta arte tão bela?

 Passei por vários, pois como sempre gostei de diversas modalidades. Desde balé, até jazz, também, dança contemporânea, sapateado, dança cigana, flamenco e danças sociais. Mas não posso deixar de destacar alguns, entre eles a grande mestra das danças sociais, graciosa Maria Antonieta, que foi minha grande “fada madrinha”, dando-me grandes oportunidades de mídia. Em chamadas na Rede Globo, programas da TV Brasil e à extinta Rede Manchete.

 Assim como reportagens em jornais e documentários inclusive o da vida da professora Maria Antonietta, para a BBC de Londres.

 O genial Jaime Aroxa, foi o toque do refinamento técnico, a didática do ensino. Retornei ao sapateado e estou tendo aulas com Neris Cavalcante, que é o luxo e espetáculo atuante na zona oeste. E como professor de flamenco o mestre Abrahão Lacerda, que é professor da escola de dança do Carlinhos de Jesus, e tem transitado pela escola de dança Lincoln Pereira, dando-me aulas.

 

 Que suas palavras possam proporcionar ao amigo leitor, um resumo sobre a vida do senhor seu pai e seus grandes feitos.

 Sim. Falar do fascinante Djalma Rosa Pereira, meu pai é encher-me de saudosismo. Com certeza, o pai que todo filho queria ter e certa vez eu disse isto para.

 Possuía uma elegância comportamental invejável, militar e com um senso de liderança nato. Foi Escalante Geral durante anos. Sabia memorizado o número de milhares de seus subordinados, e tinha uma maestria sutil de comando. Nunca vi ele gritar em casa, nem proferir  uma única palavra áspera. Adorava dançar e sempre dava seus shows com minha mãe nas festas familiares e de amigos, que lógico, deve ter influenciado o meu gosto pela dança, e pelas artes em geral. Espertíssimo e deixou sua marca gráfica no mundo do samba, como um dos fundadores da escola Mocidade Independente de Padre Miguel. Onde redigiu a ata da fundação da agremiação.

 Um homem, grandioso e nobre. Djalma Rosa Pereira. Meu pai!

 

 Compartilhe conosco  o que para você significa o ato de dançar e cite alguns momentos solenes vividos por sua pessoa!

 Dançar é realmente entrar em sintonia com o universo, pois tudo que possui vida, também possui movimento. Os astros tem seu balé próprio, as aves dançam para encantar seus amores, o mar tem seu movimento sinuoso, ou seja, movimento e vida!

 Sobre os muitos momentos solenes, irei mencionar o momento a qual recebi das mãos do príncipe Britânico, Príncipe HARRY. Uma homenagem por ser o primeiro mestre sala da única escola de samba do mundo, voltado aos deficientes físicos - GRES. EMBAIXADORES DA ALEGRIA - não tenha sido salutar. E também uma apresentação em homenagem à musa Ana Botafogo, que me proporcionou um momento mágico. Porque após o termino da apresentação, ela  se dirigiu até mim e disse: "Você dança com todas as nuances do clássico, seus rodopios e colocações de pernas são do clássico".

 Estas emoções e prêmios acabam sendo a concretização de uma dedicação sem limites, num país onde dançar começa a tomar uma importância maior. Embora sem muito respaldo financeiro.

 

 Ao ler seu release, me veio em mente um detalhe. Qual a sensação ao se deparar com um espaço sem “vida” e no fim do trabalho, este mesmo espaço ser tomado de cores, já que elas representam o belo aos olhos humano?

 É ter a certeza de que olhar o mundo com um olhar mais profundo, faz toda uma diferença na vida!

 

 Para finalizar nos fale sobre os seus projetos atuais e futuro!

 Venho atualmente, dividindo-me em infundir na região a dança flamenca & cigana, com ações na escola de dança Lincoln  Pereira, com a professora Evani    Saiad, há dois anos.  E coordenando as danças e ginásticas no Centro Esportivo Miecimo da Silva, a convite da diretora Barbara Berto, que vem apostando nas minhas “loucuras”  artísticas, onde estou auxiliando através de suporte decorativo no setor de eventos, comandado por Kátia Armani e sua equipe formada por Adriano Lima e o fotografo Francisco Araujo.

 Mas, o grande evento esperado pela comunidade é a mostra de dança, onde o tema será: Miecimo Dança. Serão vinte e seis coreografias que a equipe de professores terão como desafio, instruir e direcionar todas as técnicas, para que sejam executadas pelos nossos talentosos alunos. Tudo isto, visando apresentar ao público presente, vários estilos de dança, desde o balé, até a dança do ventre e também, dança de salão. Todas, serão acompanhadas ao som do genial rei da antiga jovem guarda (Somente o som e não a pessoa física).

 A apresentação será no dia seis de dezembro. Aberto ao público. Aguardem!

Link
Tags »
Relacionadas »
Comentários »