03/03/2021 às 16h55min - Atualizada em 03/03/2021 às 16h53min

Estado de São Paulo volta para a fase vermelha

Renato Galvão
Divulgação
"Estamos em São Paulo e no Brasil à beira de um colapso na saúde. Isso exige medidas urgentes e coletivas", afirmou o governador de São Paulo, João Doria. "São 14 dias de fase vermelha. Vamos enfrentar as duas piores semanas da pandemia no Brasil desde março do ano passado", acrescentou Doria. 
 
A afirmação foi dada na coletiva de imprensa realizada hoje em São Paulo, após o estado retornar para a fase vermelha, a mais rigorosa de todas, a partir de meia noite do sábado (06), permanecendo até 19 de março, em que apenas serviços essenciais devem abrir. 
 
São 645 cidades atingidas no estado de São Paulo, sendo neste período restrito, alguns setores podendo funcionar: indústrias; escolas; bancos; lotéricas; serviços de saúde e de segurança públicos e privados; construção civil; farmácias; supermercados; padarias; lojas de conveniência; feiras livres; bancas de jornal; postos de combustíveis; lavanderia; hotéis e transporte público e de aplicativos. 
Link
Relacionadas »
Comentários »