26/10/2020 às 11h44min - Atualizada em 26/10/2020 às 11h43min

Como Planejar Uma Viagem Internacional em 5 Passos

Fazer uma viagem internacional é realmente uma experiência incrível e que gera sempre inúmeras memórias.

No entanto, para que essa experiência não se torne um pesadelo, é de suma importância que antes de viajar você faça um bom planejamento!

Dessa forma, você estará muito mais preparado para aproveitar o destino e evitará muitas dores de cabeça desnecessárias.

Sendo assim, como planejar uma viagem internacional sem complicações? É sobre isso que você vai saber a partir de agora!

5 passos essenciais para planejar uma viagem internacional

 

Vamos partir do ponto que você já escolheu o seu destino. Portanto agora você deve:

Passo 1: Estabeleça um limite para o seu orçamento

 

Quanto você irá gastar na sua viagem? Esse é um ponto de suma importância para você estabelecer antes de viajar e assim não ter “surpresas” ou muitos gastos que não estavam previstos.

Por isso, coloque em um papel ou no computador, tudo o que você precisará comprar/pagar. Por exemplo, hospedagem, alimentação, transporte, passeios, atrações, eventos e claro, compras, porque ninguém é de ferro, não é mesmo?

Sendo assim, faça uma boa pesquisa na internet a respeito dos preços das coisas que você precisará no destino e faça estimativas realistas de quanto será necessário levar.

Lembre-se de uma coisa: viaje para se divertir, aproveitar e conhecer um novo país, não para voltar sem dinheiro e com dívidas.

E para finalizar este assunto de orçamento, não se esqueça de comprar a moeda local, aos poucos, antes de viajar. Afinal de contas, você precisará dela para pagar e comprar qualquer coisa. 

Passo 2: Verifique os documentos necessários e se há vacinas obrigatórias

 

Para a maioria das viagens para fora do país, você precisará de um passaporte válido, isto é, que não esteja vencido. Além disso, dependendo do destino, você precisará também de um visto e/ou de um Certificado Internacional de Vacinação.

Por isso, veja todas essas questões com antecedência para não ter nenhuma surpresa desagradável depois.

Por exemplo, se você não tem um visto e precisa dele, dê andamento ao pedido o quanto antes e se o destino pede alguma vacina para turistas, como a de febre amarela, tome-a para não ter problemas depois!

Além disso, é importante que todos os documentos, reservas, vouchers e outros papéis relacionados a viagem tenham cópias, tanto de maneira impressa quanto digital (no seu e-mail, por exemplo).

Dessa forma, em caso de perda ou roubo, você terá essa alternativa para recorrer.

 

Passo 3: Contrate um seguro viagem

 

Mesmo fazendo o melhor planejamento possível, imprevistos podem acontecer, como por exemplo, você ficar doente, se machucar no destino ou ainda ter sua bagagem roubada.

Por isso, contratar um seguro viagem é essencial, pois assim você estará amparado pelo seguro e não terá gastos extras que podem acabar com sua viagem.

Você já viu os preços de hospitais lá no exterior? E nos Estados Unidos então? São valores bem elevados e ainda tudo em dólar, euro, libra...

Portanto, é melhor melhor prevenir do que remediar. Sendo assim, pesquise os tipos de seguros disponíveis e contrate aquele mais adequado para você (há diferentes opções no mercado, alguns garantem mais coberturas do que outros). Atente-se a isso. 

Passo 4: Monte seu roteiro de viagem

 

O que você quer fazer no destino que irá viajar? Quais lugares quer conhecer, passear e visitar?

Pense nessas questões e monte seu roteiro de viagem. Isso o ajudará a se organizar melhor, a aproveitar bem cada lugar/atração e até mesmo a economizar.

Por exemplo, tem algum museu ou parque que você quer ir? Eles são pagos? Se sim, quais os valores? Dá para comprar os tickets/ingressos antes? E o horário de funcionamento? E os endereços?

Tenha tudo isso bem alinhado e definido. Assim, você saberá o que fazer, quando fazer e onde fazer.

De repente, uma atração só está disponível pela manhã. Então você primeiro vai nela e depois aproveita um outro lugar que funciona o dia todo. 

Além do mais, uma tração pode ser bem próxima de outra, então você pode separar um dia para aproveitá-las.

Portanto, monte um roteiro adequado, realista e que te ajude a aproveitar ao máximo o destino que estará viajando.

Passo 5: Faça suas malas com inteligência (e um pouco de antecedência)



 

Por fim, mas não menos importante, faça suas malas com inteligência e também com um pouco de antecedência, afinal, você não vai arrumá-la de última hora, né?

E o que queremos dizer com “com inteligência”? Basicamente, que você deve escolher as peças e os itens certos para colocar na mala, sem exagerar e também sem deixar faltar!

Mas como fazer isso? Pesquisando na internet como estará o clima do destino quando você estiver lá.

Dessa forma, você poderá ser mais assertivo e objetivo ao escolher suas roupas. Por exemplo, se estiver calor, no verão, não tem necessidade de levar muitas blusas, calças e agasalhos, não é mesmo?
 

Assim, você conseguirá levar o essencial, o que de fato vai usar, e ainda vai liberar espaço na mala e deixá-la mais leve (o que pode evitar o pagamento de taxas por causa de bagagem extra).

Dica extra

 

Achou que tinha acabado? Calma que ainda temos mais uma dica!

Você vai com seu veículo até o aeroporto no dia da viagem? Se sim, não esqueça de reservar com antecedência uma vaga em um estacionamento próximo aeroporto Guarulhos, caso você seja de São Paulo.

Dessa forma, você economizará (já que o estacionamento do próprio aeroporto é mais caro) e ainda deixará o seu carro em um local seguro e de confiança.

E, assim, você já estará pronto para viajar! Muito mais seguro, organizado e claro, planejado.

Link
Lucas Widmar Pelisari

Lucas Widmar Pelisari

Descobrindo o Marketing Digital, dicas de como aumentar tráfego orgânico e otimização no posicionamento de domínios perante motores de busca

Relacionadas »
Comentários »