27/08/2020 às 11h31min - Atualizada em 27/08/2020 às 11h29min

Redator freelancer: como se tornar um?

Dentre as possibilidades que o trabalho home office oferece, nenhuma é tão apaixonante como a de um redator freelancer. Engana-se quem pensa que o redator freelancer se encarrega somente em dar "vida" a roteiros de novelas, filmes, a programas de atendimento, de treinamento ou de publicidade. Ele também é o responsável por promover comércios e empresas, através da escrita baseada no marketing digital.

O redator freelancer, é atualmente, um dos profissionais mais procurados pelas empresas, porque milhares de empresários, comerciantes e profissionais autônomos, precisam de ajuda com a criação de textos publicitários, informativos, educacionais e até mesmo de entretenimento; esses contratantes muitas vezes não possuem tempo ou habilidade para redigir textos para seus negócios. É aí que entra a figura do redator.

Outro detalhe importante é que não basta apenas ser "comunicativo", para ser um redator freelancer. A profissão parece ser uma "moleza", mas não é bem assim. É preciso que este especialista tenha bastante prática com redação, uma boa formação escolar e principalmente, que procure sempre se aprimorar na arte de escrever. É essencial também que esse trabalhador autônomo tenha disposição e muita disciplina. Para quem gosta de escrever, ser redator freelancer pode ser uma bela oportunidade.

Quer se tornar um redator freelancer? Então, veja o que é preciso:

Como ser um redator freelancer?

1º Aperfeiçoe-se na escrita

Se a intenção é no futuro, viver da escrita, é muito importante treinar essa prática diariamente. É importante observar se a ortografia está correta, e se não existem vícios capazes de deixar o texto confuso e sem sentido.

Para ser um redator freelancer, é muito importante ter em mente que milhares de pessoas lerão o que o redator escreveu. Portanto, não se pode redigir a mensagem de qualquer forma, até porque, para cada situação, há a necessidade de se empregar diferentes formas de linguagem.

Uma linguagem formal, por exemplo (sem o uso de qualquer gíria ou brincadeira), se encaixa muito bem à temas relacionados às áreas do Direito ou mesmo do campo da Saúde. Já se o texto solicitado, for relacionado a área de esportes ou mesmo do turismo, seria justamente o contrário: a redação do artigo exigiria uma narrativa mais informal (o que não inclui erros de ortografia, como por exemplo, as mensagens de texto trocadas nas redes sociais). 

O redator freelancer precisa estar preparado para saber de que forma vai se comunicar com o público interessado em determinada pauta. Afinal, será necessário chamar a atenção do leitor, para que então, seja possível convencê-lo sobre um produto e/ou serviço apresentado.

2º Aprimore seus conhecimentos

A profissão de redator freelancer está atualmente, muito ligada à estratégia de Inbound Marketing, técnica que quase todas as empresas estão adotando. O Inbound Marketing, a grosso modo, consiste na criação de conteúdo de dentro da empresa para fora dela, ou seja, a partir da produção de vídeos, artes e principalmente textos, relacionados com o seu mercado e público-alvo. Esses mecanismos têm o objetivo de transformar visitantes em novos clientes, bem como de fidelizar os antigos usuários e também atrair potenciais consumidores interessados.
 

Dessa forma, o Inbound Marketing, diferente do marketing tradicional, visa atrair o consumidor de forma genuína ou seja, sem ‘’empurrar’’ produtos e serviços. Com isso, além de manter o consumidor informado, o redator precisa estimular a curiosidade do usuário para que ele queira saber mais sobre a marca. E isso vale em qualquer empresa, como catalisador para tinta.

 

Neste caso, algumas certificações de Inbound Marketing, gratuitas e disponíveis em escolas EAD na internet, podem abrir caminhos e ajudar a aumentar a qualidade das criações textuais. 

3º Prepare-se para escrever para SEO

Dentro do Inbound Marketing, o redator freelancer precisa entender um pouco sobre o que significa SEO, e também sobre como adaptar seus textos nessa técnica de ranqueamento. A sigla SEO significa "Search Engine Optimization" e quer dizer "Otimização dos Mecanismos de Busca". Trata-se de uma série de métodos para a otimização de páginas da internet, tais como sites e blogs.

Esse conjunto de táticas e conhecimentos aplicados, faz com que o redator freelancer tenha o seu texto "otimizado" para os buscadores, assim que o conteúdo for publicado num site ou blog. Assim, com o uso de palavras-chaves na quantidade exata, escritas de um jeito certo, e com textos bem planejados, será possível alavancar uma página e receber duas, três e até DEZ vezes mais acessos.

4º Leia o máximo que puder

A leitura é importantíssima. Ao mesmo tempo em que ajuda o redator a moldar o vocabulário, possibilita a ele, saber a grafia certa para redigir palavras e frases, além de fornecer inúmeras informações que o ajudarão nas pesquisas. Sim, porque o redator freelancer não pode escrever quaisquer matérias sobre qualquer tema, usando como referência, apenas as suas suposições particulares. É indispensável lembrar que a escrita para blogs, não tem a mesma estrutura de uma história de ficção ou de um romance, por exemplo.

Já quando os assuntos são mais técnicos, é relevante pesquisar e ler muitas informações e principalmente, basear-se em dados verdadeiros, tomando cuidado para não compartilhar as famosas Fake News (notícias falsas, em português).

5º Cuidado ao redigir

Neste momento, é necessário novamente, pensar no público-alvo que lerá as informações apresentadas na rede, pois essas ideias, serão passadas adiante, tanto de forma falada como pelos compartilhamentos. Será que os receptores entenderão a mensagem original?

Nesse momento, a história deve começar com uma introdução do assunto. Em cada parágrafo, será fundamental que haja coesão e coerência. A coesão, diz respeito aos elos de ligação que as frases precisam ter entre si e as articulações gramaticais existentes entre as palavras, de modo que as orações e as frases tenham sentido e possibilitem uma boa leiturabilidade. É aí que entram os famosos mecanismos linguísticos, como as preposições, as conjunções e as locuções adverbiais.

Por outro lado, a coerência diz respeito às ligações lógicas que as ideias presentes em um texto, precisam ter entre si. Ou seja, se redigimos algo sobre informática, não há motivos para que ao longo do texto, passemos a discutir sobre o "ponto certo" da carne. Por isso, ao escrever, é primordial que tenhamos foco e clareza, para que a leitura seja facilitada e o texto tenha clareza.

6º Procure uma plataforma digital!

O fato é que há um grande mercado à espera de quem deseja ser um redator freelancer. Quem sonha em se tornar um grande escritor ou mesmo um novelista, não pode deixar essa oportunidade passar batido. Da mesma forma, essa profissão é ideal para quem pretende trabalhar no ramo da publicidade e do marketing digital.

De maneira geral, se você gosta de ler e escrever sobre variados assuntos (ou mesmo um assunto em específico), esta pode ser uma grande chance de lapidar o seu talento em redação de conteúdo. Transforme seus textos numa ferramenta de aproximação entre empresas e consumidores!

Então, o que está esperando para ser um redator freelancer? 

 
Link
Lucas Widmar Pelisari

Lucas Widmar Pelisari

Descobrindo o Marketing Digital, dicas de como aumentar tráfego orgânico e otimização no posicionamento de domínios perante motores de busca

Relacionadas »
Comentários »