12/08/2020 às 10h37min - Atualizada em 12/08/2020 às 10h37min

Ferramentas digitais no marketing digital

O acesso a mídias e tudo que envolve o marketing digital só pode ser realizado graças a dispositivos produzidos especialmente para aumentar a conectividade, a interação e toda a comunicação em si. 

Se antes apenas o computador permitia navegar na internet, hoje em dia a inteligência artificial já está presente até em aparelhos que usamos cotidianamente.

As smart TVs são um exemplo perfeito. Elas permitem conectar à rede via wi-fi e assistir vídeos do Youtube e de diversas plataformas diretamente, sem fios e conversores. Tanto nesse quanto em demais contextos, as ferramentas digitais servem tanto para o entretenimento quanto para a educação, o trabalho e tarefas em geral.

Para quem já sabe o que é marketing digital, é bom esclarecer que muitas de suas técnicas precisam se moldar a ferramenta de acesso do usuário. Ou seja: a estratégia publicitária voltada a quem se conecta via mobile é diferente de uma propaganda pensada para o desktop. 

O mesmo ocorre com o design dos sites: para smartphones e tablets, ele precisa ser responsivo, de um tamanho que facilite a leitura e evite que o indivíduo tenha que dar zoom ou reduzir a escala. Outro exemplo é criar aplicativos de compras voltados a cada veículo – tendência moderna que é seguida por muitas lojas virtuais.

Interessante, não é? Pode ter certeza que, apenas com essa mudança, a taxa de acessos, conversão e fidelização aumentam bastante. 

Para entender todos esses detalhes, fazer bons cursos online sobre o tema tem sido uma excelente alternativa. Mas antes de começar os estudos, fique ligado nas dicas que vamos passar a seguir sobre as ferramentas no marketing digital.

Marketing de conteúdo

Todas as informações que explanamos até agora são animadoras e mostram o quanto o marketing digital pode ajudar em seu negócio online, dos pequenos blogs até comércios eletrônicos. 

Porém, não adianta pensar apenas em divulgação sem conteúdo de qualidade, que realmente atraia o público e traga credibilidade a sua marca.

Um dos maiores problemas do marketing para internet é pecar pela insistência, "atirando para todos os lados" para que os resultados apareçam em tempo recorde. Aí, abre-se margem para o sensacionalismo nos conteúdos, propagandas irritantes, spam e anúncios que, em vez de conquistar, acabam afastando os internautas.

Se a meta é se tornar uma referência na web, produzir um marketing de conteúdo é essencial, com base na informação que público procura e pode encantá-lo. Isso vale tanto para um artigo (texto) quanto para um áudio, vídeo ou tudo isso junto. O objetivo é variável e também influencia em seu posicionamento nos motores de busca.

Um bom exemplo de marketing de conteúdo é quando uma empresa cria um blog e começa a gerar conteúdos relacionados a seus produtos e serviços. 

É uma boa forma de aumentar a autoridade na internet, ganhar seguidores, tirar dúvidas comuns do público e se tornar até uma referência. Se você tem uma questão a respeito de um produto específico, basta acessar o blog e saber detalhes – como funciona, como usar no dia a dia, guias auxiliares, etc.

Marketing Viral

Outro método bastante popular na internet utilizado por muita gente é o marketing viral. Em alguns casos, pode parecer um despropósito, mas em grande parte das situações é bem planejado, para que atinja realmente o objetivo de "viralizar", alcançando um grande número de pessoas e se tornando um verdadeiro sucesso. 

Com certeza você já viu vários tipos, o mais básico deles é quando algo ou alguém vira "meme" devido a um vídeo, texto, frase, entre outros.

 

Os canais de TV fazem uso constante dessa tendência para promoção de seus programas, usando as redes sociais para chamar atenção do público (as hashtags do Twitter são um bom exemplo). 

 

Atentas a esse recurso, empresas também focam muitas de suas campanhas totalmente para a internet, qualquer empresa pode fazer marketing viral, seja para anunciar a venda de parafusadeiras, ou até para lançar uma nova marca de shampoo. Trata-se de um modo de aproximação com o público que melhora o reconhecimento da marca e que também converte. 

Mas, fique atento: o marketing viral demanda um bom planejamento e análise antes de ser divulgado, caso contrário, o efeito pode ser contrário.

Marketing digital para iniciantes

Muitos iniciantes que desejam empreender na web devem saber detalhadamente como funciona e o que é marketing digital. A partir desse conhecimento, dá para pensar em qual caminho seguir e aquilo que é mais apropriado para seus planos. A versatilidade da internet permite que a publicidade online seja utilizada para os mais diversos objetivos e em todos os canais.

Portanto, as noções dessa área servem para aqueles que desejam criar e destacar um canal no Youtube, fazer um blog para uma empresa, produzir conteúdos ligados a determinado tema e também para pessoas que buscam se profissionalizar para fazer carreira, atuando em agências especializadas, em organizações diversas e até em seu próprio negócio online.

Depois disso, com a base teórica, pensar no que é mais viável e quais as metas em curto e longo prazo. A ideia é fazer testes, qualificar-se com frequência, realizar um trabalho diário, fazer análises frequentes e seguir bons caminhos para um crescimento orgânico e concreto, com uma ótima estrutura para alcançar o destaque almejado.

 
Link
Lucas Widmar Pelisari

Lucas Widmar Pelisari

Descobrindo o Marketing Digital, dicas de como aumentar tráfego orgânico e otimização no posicionamento de domínios perante motores de busca

Relacionadas »
Comentários »