09/08/2020 às 21h32min - Atualizada em 09/08/2020 às 21h31min

Fundador do Movimento Nova AMB desabafa sobre o Covid-19

Renato Galvão
Divulgação
"A perda de 100 mil vidas é chaga que marca constrangedoramente a história do Brasil. É algo que não há como definir em palavras. A lição tem de ser apreendida e aprendida: a classe política, os empresários, todos nós devemos dar à saúde o valor que ela tem. Isso passa por mais investimentos no SUS, gestão responsável, combate à corrupção, valorização dos recursos humanos. Também perdemos muitos médicos entre as vítimas da pandemia. O impacto poderia ser menor, todos sabemos, mas aqui faltou uma entidade forte para defender a classe. Nossa solidariedade a todos que, de alguma maneira, foram atingidos pela Covid-19", desabafa o doutor César Eduardo Fernandes, diretor científico da Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia (Febrasgo) e fundador do Movimento Nova AMB, em relação à pandemia do Covid-19 que assombra o Brasil. 
 
Link
Relacionadas »
Comentários »