13/07/2020 às 18h25min - Atualizada em 13/07/2020 às 18h20min

Escritor Jordão Morais é referência nas redes sociais para quem quer ser bem sucedido

Jordão Morais já acumula mais de 100 mil seguidores nas redes sociais e se destaca dando dicas de empreendedorismo

Reprodução / MF Press Global
Para quem busca inspiração quando o assunto é empreender, o palestrante e escritor Jordão Morais, tem sido uma referência. Empreendedor bem-sucedido e autor do livro ‘Mais que Vencedor’, o jovem compartilha conselhos que podem ser cruciais para superar as dificuldades profissionais. 

Assim como o título do seu livro indica, a edição reúne conselhos que levaram o autor a ser um vencedor, abordando suas experiências profissionais, assim como das estratégias que o fizeram ter resultado como empreendedor. Modelo de negócio? Sócios? A próxima venda? Por incrível que pareça, nenhuma dessas faz parte das decisões mais importante que todo empreendedor precisa tomar, aponta Jordão.

“A gente sabe que empreender não é uma linha reta. É uma linha cheia de subidas, descidas, obstáculos, curvas. É uma estrada muito sinuosa. E durante todo esse processo estamos tomando muitas decisões. Mas o que temos percebido é que, a todo momento, estamos tomando 3 decisões que são consideradas as decisões mais importantes que podemos tomar nas nossas vidas: onde colocamos nosso foco, que significado damos para isso em que estamos focando, e que ação tomamos a partir desse significado.”, diz. 

Sobre as vendas, o empreendedor destacou a importância de que as pessoas não tenham, antes de mais nada, preconceito com elas próprias. “As pessoas têm que parar de ser preconceituosas em serem vendedoras. No fundo, as pessoas que acham que ‘não dão para serem vendedoras’ sentem é medo de ouvir não. Mas o não para o vendedor é igual sangue para um médico, igual graxa para um mecânico. E a gente pode levar mil nãos, mas um sim pode transformar a nossa realidade para sempre”, diz.

Segundo Jordão, as pessoas só vão conseguir destaque se deixarem a inércia e lutarem por seus anseios. “Assumam o protagonismo, sejam responsáveis por suas receitas. Se é para ser vendedor, saia do comodismo do ar-condicionado, vá para a rua. Não dependa do governo, do que vá acontecer no país, dependa de você mesmo, do seu próprio esforço”, afirma.
Link
Relacionadas »
Comentários »