29/07/2014 às 10h09min - Atualizada em 29/07/2014 às 10h09min

O "não descobrimento" do Brasil

-

Isabela Gomes

O Brasil pode ter sido descoberto em meados do século XV pelos portugueses, mas eu afirmo que isso se limitou às terras. Eles chegaram, e, como se já o possuíssem, degradaram tudo que tiveram vontade e levaram para Portugal. Levaram tudo de precioso e, não sendo o suficiente, aniquilaram os que já aqui moravam, fazendo com que levassem para o túmulo, entre outros, a cultura e o conhecimento do nosso Brasil. Pouco depois, voltaram, moraram mas continuaram a destruir, com a certeza de que poderiam voltar a Portugal caso a terra se tornasse inabitável. Como bons aprendizes que somos, nós, brasileiros, mistura de todas as raças, continuamos a destruir nosso país.
Quando se fala de cultura é que complica mesmo! Não falamos nossa língua “original”, indígena. Não conhecemos nem um terço da cultura, dos costumes, das comidas dos outros lados do Brasil se não o nosso. E os costumes dos índios então? Quantas palavras, quantas coisas usamos de origem indígena e africana, e não fazemos a menor ideia? A tão bonita, tão esperada, tão perfeita Canaã foi se deixando esquecer, sem ter tempo de protestar.
Lá fora, os gringos nos chamam de macacos e imaginam crocodilos andando no meio da rua.Somos o país de carnaval, bunda e futebol.Quando se fala do Brasil la fora, só se ouve falar de Ronaldo, Pelé e –o pior de todos – Michel Teló. Coisa boa como Jorge Amado, por exemplo, nem é citado! Somos vitimas de preconceito deles, mas não fazemos nenhuma forcinha para honrar nossa cultura, para mudar essa "faminha" de que todo brasileiro adora sair sambando e jogando bola. Não fazemos nada pela nossa cultura. Nem, no mínimo, conhecê-la.

Link
Tags »
Leia Também »
Comentários »