17/03/2020 às 18h08min - Atualizada em 17/03/2020 às 18h08min

Cinco dicas relevantes para melhorar a logística de seu e-commerce

Logística para e-commerce é sempre o calcanhar de Aquiles dos empreendedores de todos os portes. Imagine que gerenciar um e-commerce pode parecer um trabalho incrível; porém, na prática, a coisa não é tão fácil quanto parece.

Isso porque o funcionamento de uma loja virtual está diretamente ligado a muitos fatores – o que exige muita dedicação, estudo e persistência. Mais do que isso, é preciso que o empreendedor desenvolva uma visão mais ampla do negócio.

Na falta de processos logísticos eficientes, dificilmente um comércio online sobrevive muito por muito tempo. De acordo com uma pesquisa denominada “Tendências do e-commerce brasileiro”, realizada pela Big Data Corp, o tempo de vida útil das lojas virtuais nacionais passou de 94 dias, em 2015, para 185 dias em 2016. Apesar de ser pouco tempo, os números mostram que os administradores de e-commerce estão se preparando melhor.

Mas afinal, como melhorar ainda mais mais a sobrevida de uma loja virtual, destoando positivamente das estatísticas?

Preparamos cinco dicas relevantes que vão ajudar você a elevar esses números.

1 – Trace uma boa estratégia para reposição de estoque
Saiba de cor quais itens possuem mais vazão em sua loja e que, por isso, precisam ser repostos com mais frequência. Considere comprar quantidades maiores dos produtos que você tem certeza que vão vender bem. Lembre-se que comprando de uma só vez, você pode negociar o melhor preço e ainda economizar em fretes e viagens. Parece óbvio, mas se você ainda não adotou essa prática, pode estar perdendo tempo e dinheiro.

Uma empresa confiável de gestão de logística pode apoiar você nisso.

2 – Estude qual a região que apresenta maior volume de vendas
A etapa mais importante do processo de vendas online é a entrega do pedido, que deve ser feita de forma rápida e sem avarias. Por isso, ela costuma custar caro aos lojistas porque, muitas vezes, ao iniciar um e-commerce, é comum que se opte pela entrega via Correios - simplesmente por ser a empresa mais conhecida.

O formato acaba sendo mantido, mesmo quando o e-commerce já possui um número grande de clientes. Entretanto, dependendo do volume de vendas, seria possível contratar uma transportadora a um preço muito mais atrativo.

Daí a importância de estudar a região que apresenta maior volume de vendas e entender quais as melhores possibilidades em termos de serviços de logística. Muitas vezes, uma transportadora regional pode atender muito melhor suas necessidades em termos de prazos e com valores menores.

3 – Deixe a logística reversa com os Correios
É possível entender o quanto a logística de um comércio online é eficiente quando a política de trocas funciona bem. É muito comum entre os grandes e-commerces realizarem a entrega com transportadoras e a logística reversa com os Correios – isso porque nesta última opção, depois de serem autorizados, os clientes podem postar o produto a ser trocado gratuitamente e ele será entregue até sua loja. Isso é possível porque, nos Correios, existe um serviço de devolução de mercadorias sem ônus ao remetente. Por isso, fique esperto para não ter gastos desnecessários com este tópico.

4 – Melhore a gestão do estoque com produtos codificados
Existem sistemas desenvolvidos no intuito de enumerar itens (produtos, serviços, localizações) permitindo que sejam identificados. Essa administração do estoque pode ser feita pelo EAN, um sistema usado por mais de 450 mil empresas em mais de 100 países. Trata-se de código composto por 13 dígitos, formado pelo país + empresa + produto + dígito de controle. Esse modelo para controle é o utilizado pelo código de barras definido pela GS1, que padroniza e armazena  as informações que podem ser escaneadas em qualquer computador.

A codificação de estoque é importante porque, por meio dela, ocorre a integração entre o estoque físico e o estoque virtual. Assim, tanto os funcionários da empresa, quanto os parceiros e usuários do site poderão saber se terá o produto a pronta entrega. Outra vantagem é o acompanhamento do produto do momento que é vendido até a chegada à casa do consumidor.

5 – Defina estratégias para atuar em novas áreas
Uma loja online de alta cobertura sempre acaba sendo mais vantajosa por atender muito mais pessoas. Para isso, é preciso definir e optar por um bom sistema de transporte para que os custos sejam menores frente a um benefício maior. Paralelamente, para justificar o investimento em uma maior abrangência territorial, trace também uma boa estratégia de marketing digital para levar tráfego à sua loja, conquistando mais clientes e tornando seu negócio cada vez mais lucrativo.  
Link
Relacionadas »
Comentários »