29/11/2019 às 15h54min - Atualizada em 29/11/2019 às 15h54min

Especialista Pedro Marinho Neto revela que alguns métodos de marketing de antes da internet ainda são eficazes na era digital

Pedro Marinho Neto comenta sobre algumas estratégias que são heranças do chamado marketing analógico

Reprodução/MF Press Global

Hoje parece óbvio que o melhor método para divulgação de um produto, serviço ou pessoas é a mídia social. No entanto, nem só do poder da internet vive o marketing e algumas estratégias que  supostamente são coisa do passado ainda funcionam nos dias atuais.

O especialista em comunicação e pós graduado em marketing digital, Pedro Marinho Neto, aponta que embora mídias como o Facebook e o Instragram mudaram a forma de fazer propaganda e alcançar o público, certas estratégias do “passado" ainda se mostram muito eficazes: “naturalmente hoje é muito mais rentável investir dinheiro em conteúdo patrocinado na internet do que panfletar, além de mais ecológico, já que a maioria das pessoas descartam os Flyers na via pública. O alcance da internet é fenomenal, mas seu sucesso depende de estratégias que vieram muito antes do surgimento das mídias sociais”, ressalta.

Pedro Marinho Neto comenta sobre algumas estratégias que são heranças do chamado marketing analógico. Confira:

1- Não diga o que a sua empresa pode fazer por seus clientes. Mostre.

O antigo ditado “uma imagem vale que mil palavras” nunca foi tão atual. Quando as pessoas acessam seu site, blog e página no Facebook elas sabem dizer exatamente o que sua empresa faz ou a real qualidade de seus produtos ou serviços? Uma coisa é você explicar o que sua empresa faz em palavras, outra é mostrar efetivamente os resultados de seu trabalho. No ambiente digital isso pode ser feito através de fotos ou videos, mas antes era feito com depoimentos de clientes, com demonstrações de produtos e serviços e as famosas amostras grátis. Não é muito diferente hoje em dia na internet.

2- Mostrar para o cliente a qualidade dos seus produtos/serviços é primordial para influenciar a decisão de compra.

Para ficar mais claro vamos utilizar um exemplo:
Ao procurar um cabeleireiro no Google, você opta por qual dos dois? Um site que aparece no primeiro resultado (anuncio pago), porém ao entrar, você encontra poucas informações e nenhuma foto ou um segundo resultado que além da descrição, contém uma galeria de imagens e vídeos que mostram todo o procedimento e o resultado final?
Nesse caso, qual das duas opções converteria mais clientes? Obviamente a opção B, sendo a internet o local do primeiro contato de novos clientes.

3- Não deixe sua audiência no escuro. 

Quem não é visto não é lembrado. E isso vale pra todo tipo de conteúdo. Então sempre esteja mostrando suas novidades nos perfis oficiais da sua marca ou empresa. Não deixe seus clientes no escuro e esteja sempre atualizando. 

Link
Relacionadas »
Comentários »