20/05/2014 às 14h22min - Atualizada em 20/05/2014 às 14h22min

O Significado

Como maltratam minha Língua Portuguesa...

Isabela Gomes

Palavra. Segundo o Sr. Aurélio: s.f. Vocábulo provido de significação. Letras sozinhas são apenas sinais. Juntas, formam palavras e cada palavra significa uma coisa. A beleza disso é que só aquela determinada ordem de letras vai resultar apenas naquela palavra e só ela terá aquele significado. É lindo!
            O que me preocupa agora é a perda de significado! As palavras estão perdendo o sentido! Outro dia eu fui fazer as unhas e como todo bom salão de beleza, tem-se os serviços de manicure, cabeleireiro e fofoca . Lá estava eu, sentada, com creminhos e lixas ouvindo as conversas e já maquinando um conto na cabeça quando começo a realmente prestar atenção em uma história que estava sendo contada. A menina estava fazendo alguma-coisa-que-eu–não-sei-o-nome no cabelo. Era para a alisar, só sei disso. Mas...não é isso que interessa. Ela contava uma história que infelizmente não saberei reproduzir completamente mas era algo assim: “Ah, não falo muito com as meninas lá por que elas são metidas. Os meninos são mais humildes, chegam, dão oi...”
            E foi essa frase... esse conjunto de palavras que me paralisou. O menino é humilde porque cumprimenta? Ele é educado! Tudo bem que ser humilde também é denotar referência mas – além de eu duvidar muito que a menina saiba o que significa deferência – a palavra humilde, segundo o Aurelião: adj. Que tem ou aparenta humildade, que se diminui voluntariamente: uma criatura humilde. E, ainda se tivesse sido só ela, beleza. Só ela não sabe o significado deste belo conjunto de letras. Mas aí entra meu irmão na história. Ele chega contando que na academia “os cara são mó humilde. Eles pedem pra revezar o equipamento...”. Eles são educados, cara. Só.
            E esse problema dos significados não acontece só com essa palavra. Muitas outras caem na moda por algum motivo, sofrem inversão de significado – ou não – e, de repente, todo mundo sai falando este pobre conjunto de letras sem mais nem menos! Ostentação, por exemplo. Ostentar – querido Aurélio, me perdoe por abusar de você hoje – s.f. Ação ou efeito de ostentar; afetação na maneira de exibir riquezas ou dotes; alarde de ações ou qualidades. Ta na moda, todo mundo fala... provavelmente a galera nem sabe o que significa e, de repente, você não pode mais usar essa palavra porque ela está relacionada a esse determinado grupo que anda falando de ostentação como se fosse banana na feira.
            Isso é um começo, um nada...mas todo cuidado é necessário quando se trata da nossa tão doente língua. Olha o que os moços que mudam as regras de gramática já estão fazendo! Não podemos deixar que essas palavras já alteradas agora percam o seu significado. Vou parando minhas linhas por aqui pois receio aborrecer o leitor com meus medos. Essas palavras estão perdendo o significado. Teoricamente, deixam de ser palavras para serem... nada! Nada, passando de boca em boca.

Link
Tags »
Relacionadas »
Comentários »