17/03/2019 às 19h20min - Atualizada em 17/03/2019 às 19h20min

Supermercados paulistas encerram 7 mil vagas e tem pior janeiro desde 2015

Renato Galvão
Divulgação
E os supermercados paulistas fecharam 7 mil vagas, tendo o pior janeiro dos últimos quatro anos. A APAS (Associação Paulista de Supermercados) enxerga 2019 com bons olhos, tendo ideia da criação líquida de 9 mil vagas, número superior aos anos de 2017 (8592 vagas) e 2018 (5133). 
 
"Ao fazer uma análise por canal, podemos perceber a causa deste resultado. A geração negativa dos supermercados e hipermercados foi de 5370 pessoas, quase 700 desligamentos a menos que em janeiro do ano passado, e menor ainda que os anos de crise forte, de 2014 a 2016, ficando bem próximo de anos bons como 2011, o que é um ótimo sinal", explica o economista da APAS, Thiago Berka. 
 
Os minimercados fecharam 519 vagas, pior marca desde 2015, porém estes números em mais de sua metade, são oriundos dos anos de 2014 e 2015 (época de grande crise no país).
Link
Relacionadas »
Comentários »