13/02/2019 às 12h10min - Atualizada em 13/02/2019 às 12h10min

Operadora São Francisco desrespeita médicos do interior de São Paulo

Renato Galvão
"Já os chamamos para renegociar honorários de procedimentos e consultas médicas, exigindo o reajuste anual previsto na Lei 13.003, mas eles simplesmente se negam, nem ao menos sentam para conversar conosco", desabafa Marun David Cury, diretor de defesa profissional da Associação Paulista de Medicina (APM), sobre a operadora de planos de saúde São Francisco, que desrespeita a classe médica do interior paulista (de acordo com o mesmo).
 
Os médicos estão sem reajustes há dois anos, o que contraria a Lei 13.003/2014. Os valores de honorários, com valores entre R$44 e R$57, é tido como um abuso.
Link
Relacionadas »
Comentários »