06/02/2019 às 14h00min - Atualizada em 06/02/2019 às 14h00min

SindusCon-SP projeta o 2019 da construção civil

Renato Galvão
Maria Cristina Oliveira
Durante almoço ontem (05), na sede do SindusCon-SP, na Santa Cecília, região central, foi revelado que o PIB (Produto Interno Bruto) da construção deverá crescer 2% este ano, porém, o crescimento das construtoras será na faixa de 1%. 
 
Entre 2014 e 2018, a queda foi de 28%, mas em 2019, o possível aumento de 2% virá especialmente das obras e pequenas reformas realizadas por pequenos profissionais e famílias, que deve aumentar 3,5%, de acordo com Eduardo Zaidan, vice-presidente da entidade. "É possível que as atividades das construtoras se eleve em 1%", afirma o executivo.
 
O nível de emprego para este ano no setor da construção civil, deve passar por uma elevação de 4,5%, de acordo com a coordenadora de projetos da construção da FGV/Ibre (Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas). 
 
Para os negócios do setor evoluírem, é preciso o acesso mais fácil aos financiamentos bancários, além da queda dos juros do crédito imobiliário. Ainda destacam a manutenção do programa social Minha Casa, Minha Vida, em prol da erradicação do déficit habitacional e a geração de emprego.
 
Voltando a falar de emprego no setor de construção civil no estado de São Paulo, o saldo em 2018 foi positivo, rendendo 727 novos postos de trabalho (0,11%), em comparação com dezembro de 2017. No fim do ano, eram empregados 636,5 mil profissionais e haviam sido fechadas 8,6 mil vagas em comparação a novembro (-1,34%). 
Link
Relacionadas »
Comentários »