05/12/2018 às 13h59min - Atualizada em 05/12/2018 às 13h59min

APM e Global Summit Telemedicine & Digital Healt apresentam pesquisa sobre medicina e o uso de novas tecnologias

Renato Galvão
Maria Cristina Oliveira
Durante almoço organizado pela Associação Paulista de Medicina (APM), na tarde de ontem (04), no Rubaiyat Alameda Santos, em São Paulo, foi apresentada a pesquisa inédita com médicos do estado de São Paulo, consultados entre 09 e 26 de novembro de 2018, em relação ao uso de recursos tecnológicos nos campos da medicina e saúde.
 
A pesquisa da APM elaborada em parceria com o Global Summit Telemedicine & Digital Healt, destacou o que pensam os médicos sobre o avanço da telemedicina e telessáude no dia a dia do exercício profissional, contemplando o código de ética e os avanços nos marcos regulatórios.
 
A pesquisa teve 848 respostas espontâneas, sendo realizada por questionário on-line, sendo a participação masculina de 59% e feminina - 41%. De acordo com 99,88% dos médicos, as novas tecnologias podem trazer avanços à assistência aos pacientes. Segundo a pesquisa, 42,10% dos médicos são favoráveis à realização de consultas a distância e 49,17% deles não consideram um problema a prescrição feita a distância.
 
Outro dado importante é que 85,02% deles são favoráveis ao uso de aplicativos instantâneos, como o WhatsApp e 20,28% consideram que haverá um período em que os pacientes serão capazer de fazer seus próprios diagnósticos.
 
Para os médicos pesquisados, a atuação do ministério da saúde em relação ao uso de novas tecnologias em favor da saúde dos pacientes, é ineficaz para 79,36%. Se comparado a nações desenvolvidas como Estados Unidos, Japão e Alemanha, visando as ferramentas digitais para a medicina e saúde, o disparate é grande, sendo incomparável para 91,51% da classe médica ouvida.
 
Vale destacar que entre 04 e 06 de abril de 2019, o Transamérica Expo Center, na zona sul de São Paulo é palco do Global Summit Telemedicine & Digital Health. Saiba mais no site www.telemedicinesummit.com.br.
Link
Relacionadas »
Comentários »