19/09/2018 às 18h23min - Atualizada em 19/09/2018 às 18h23min

PROJETO DE LEI BUSCA OFICIALIZAR O "DIA DO DESIGNER" NO RJ

A proposta pede mais valorização aos profissionais, com uma data oficial para o Dia do Designer

O vereador Daniel Martins, do PDT-RJ, apresentou no dia 1º de agosto, na Câmara Municipal do Rio de Janeiro, o Projeto de Lei Nº 917/2018 que institui o Dia do Designer na cidade maravilhosa.

Na ocasião, o parlamentar estava acompanhado do coordenador nacional do Coletivo Brasileiro de Designers (CBD), Edelino Bobadilha, do coordenador financeiro do Coletivo Brasileiro de Designers (CBD), Patrick Pires, do coordenador nacional do Coletivo Brasileiro de Startups (CBS), Samuel Rufino e do vice-coordenador do Coletivo Brasileiro de Startups (CBS), Herbert Fernandes.

Na proposta, o parlamentar sugere que o Dia do Designer seja comemorado, anualmente, no dia 30 de maio.

A medida valoriza os Designers do município do Rio de Janeiro.

“O design tem papel fundamental como elo integrador entre a indústria e o mercado. A categoria precisava desse reconhecimento e valorização da sociedade. No Dia do Designer, vamos organizar palestras de empreendedorismo, exposições, workshops de negócios, bussiness coaching para os Designers, além de fomentar o Design nas escolas”, comentou Edelino Bobadilha.

O vereador Daniel Martins ressaltou que considera relevante o serviço prestado pelo profissional de Designer.

“A função, o talento e o conhecimento são importantes para vários setores da sociedade. Nada mais justo do que instituir o ‘Dia do Designer’ no Município do Rio de Janeiro”, avalia o vereador Daniel Martins.

O projeto é fruto de uma iniciativa do Coletivo Brasileiro de Designers (CBD), que solicitou ao vereador Daniel Martins a apresentação do Projeto de Lei.

 Edelino Bobadilha destacou os objetivos do Coletivo Brasileiro de Designers (CBD).

Dia do Designer: qual a missão do Coletivo Brasileiro de Designers (CBD)?

Trata-se de uma organização nacional, sem fins lucrativos, que tem como objetivos a defesa do design e dos profissionais do design e a regulamentação da profissão.

Quais as próximas ações?

  • Dialogar com os designers, instituições e sites que promovem o design no Rio;
  • Dialogar com estudantes de Design;
  • Dialogar com as empresas de Design;
  • Sessão Solene para entrega de moções para os Designers;
  • Organizar palestras de workshops de negócios, bussiness coaching, exposições para os Designers;
  • Fomentar o Design nas escolas municipais.

Você pode acompanhar a Coletivo Brasileiro de Designers no Facebook aqui ou o trâmite na Câmara aqui.

Link
Relacionadas »
Comentários »