28/02/2018 às 13h44min - Atualizada em 28/02/2018 às 13h44min

Fernando Henrique Cardoso participa do Fórum Estadão

Renato Galvão
Renato Galvão
Na manhã de ontem (27), o Unibes Cultural, em São Paulo, foi palco do Fórum Estadão, com o primeiro debate "Reconstruindo o País", reunindo os juristas Nelson Jobim, Eros Grau, o professor Joaquim Falcão e o ex-presidente do Brasil, Fernando Henrique Cardoso, atual presidente de honra do PSDB.
 
O momento mais aguardado foi o painel "Os desafios para o País", com a entrevista de Fernando Henrique Cardoso. Um dos momentos mais marcantes foi a afirmação do ex-presidente, em que todo governo que busca apoio militar, mostra sua fraqueza (revelando sua opinião após o governo Temer inserir um militar para a função de ministro da defesa).
 
Ainda segundo FHC, uma intervenção paralisa a constituição e durante seus dois mandatos, muito se falou sobre intervenção militar, mas jamais ocorreria em seu governo. FHC ainda defendeu a legalização de drogas, pois tratar essa questão de modo repressivo em nada diminui o tráfico de drogas. 
 
O presidente de honra do PSDB argumentou sobre a política e as eleições, enxergando o candidato de seu partido, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin como um bom nome, ao contrário de Jair Bolsonaro, que em pesquisas mostra bom desempenho, mas de acordo com FHC seu pensamento reacionário não o levará nem ao segundo turno. 
 
O político de 85 anos ainda afirmou que candidatos com perfis de economistas (homens de negócios), não terão sucesso e o candidato de estilo mais arrojado, que "encara qualquer ambiente", será um diferencial na eleição presidencial de outubro. 
 
O Estadão irá promover mais encontros com personalidades de nossa política, economia e cultura ao longo de 2018. 
Link
Relacionadas »
Comentários »