03/11/2016 às 19h47min - Atualizada em 03/11/2016 às 19h47min

Felipe Fonseca

Ator e Dançarino

Thiago Santos
 Quem é o ser humano Felipe Fonseca?
 Está é uma pergunta um pouco complicada haha... quem se conhece 100% não é mesmo? Mas eu diria que o ser humano Felipe Fonseca é um cara que vive tranquilamente cada dia até achar algo que o intensifique, no caso tudo aquilo que ele goste. Simpático e justo na maioria das vezes e em falar em justiça isso seria algo que aprecio muito. Amante de filmes, séries e principalmente música, sou capaz de me desligar do mundo com um fone de ouvido e uma boa música!Sou apaixonado por tudo que me atrai desde as coisas mais bobas até as mais complexas incluindo animais de estimações até pessoas haha.


 Felipe?
 Já falei que sou apaixonado por tudo aquilo que me atrai haha? Então a arte é uma dessas coisas! Desde cantar no chuveiro até os rabiscos que chamo de desenho que as vezes saem algo de interessante no papel até estar no palco... amo quando faço algo que as pessoas possam apreciar e estar me apreciando no processo, se eu falar que não gosto de estar sob os holofotes eu estaria mentindo porque eu amo estar sob o centro das atenções! Uma das melhores sensações que já tive nessa breve jornada de 22 anos foi estar no palco, desde o processo de criação até estar na coxia esperando a sua vez de entrar e a sensação de frio na barriga e o nervosismo até entrar no palco e ter todos os olhos voltado para você, tudo isso é maravilhoso!


 Em que momento de sua vida chegou na conclusão de que o mundo artístico seria um bom caminho a ser seguido?
 Após alguns anos pensando no que eu realmente gostava eu cheguei a algumas conclusões o mundo das Exatas não era para mim haha! Brincadeiras à parte desde pequeno eu gostava desse mundo, já fiz alguns books quando criança e tentei algumas agências de modelo porém na época não deu muito certo e alguns anos após terminar o colegial entrei para uma faculdade voltada a criação de jogos porem vi que aquilo não era o que realmente me interessava (e olha que gosto de jogos haha) então eu decidi me dar a chance de tentar o que eu realmente gosto, ser um artista!


 Ainda recorda o que sentiu em sua primeira aula de Street Dance?
 Sim haha! Eu me lembro que a primeira aula que fiz foi por insistência da minha irmã ela já dançava desde criança e queria me levar pra esse mundo também... eu parecia um gato acuado não sabia o que fazer estava perdido o tempo todo e super travado eu parecia uma madeira sendo jogado de um lado para o outro haha. Porém apesar de toda essa pressão logo de cara na primeira aula eu me apaixonei por aquilo e sabia que queria continuar!


 Por dois anos chegou a disputar diversas competições?
 Durante esses anos se não me engano foram três festivais com colocações onde em um desses o grupo que eu estava participando ganhou o 1° lugar, um em 2° e um em 3° menções honrosas a minha irmã que em um desses festivais ganhou 1° lugar em um solo de contemporâneo. Fora esses festivais já participamos em algumas amostras.


 Do Street Dance para o Pole Dance?
 Sim, na verdade foi uma transição bem tranquila haha o estúdio onde eu tinha as aulas de street abriu a modalidade de Pole Dance e eu fiquei curioso então fiz uma aula e achei aquilo maravilhoso! Na época eu praticava os dois mas infelizmente o grupo de street se desfez então não foi possível continuar e fiquei focado apenas no Pole Dance, não cheguei a me apresentar em festivais que nem no street mas já me apresentei nas amostras da própria academia que fazia as aulas, por problemas pessoas eu tive que interromper com o Pole Dance por um tempo mas estou voltando aos poucos agora e tenho que dizer tudo é possível haha.


 Baseado em sua experiência quais os desafios encontrados na estrutura óssea masculina diante um ritmo mais leve e tão detalhista (mesmo o Pole Dance exigindo grande resistência física)?
 Bom os corpos masculinos e femininos são diferentes no mundo do pole porem isso não interfere de forma absurda eu acredito que o que difere de forma mais visível é o alongamento que o corpo feminino é capaz de alcançar que corpos masculinos mesmo com um bom alongamento não serão capazes de alcançar o mesmo resultado em contra partida o corpo masculino possui uma força maior. Fora isso não consigo imaginar muitas diferenças a não ser pela forma de como cada um encara a dança diante do Pole, pode ser algo mais leve e delicado até algo mais bruto com uma batida mais forte e intensa. Na internet tem muitos vídeos de competições profissionais bem interessantes para quem sentir vontade de assistir acho que vai se impressionar.


 Espetáculo teatral “Aceita um Chá”?
 Foi um ponto de transformação na minha vida ali eu tive a certeza que eu estava certo das decisões que tinha tomado na minha vida até agora, eu aprendi tanto durante o processo de criação até estar no palco e foi lindo e emocionante. Conheci pessoas incríveis e descobri um lugar onde me encaixava muito bem, logico teve os seus momentos de estresse e desânimos mas isso é viver passamos por fases constantemente para evoluir e eu sinto que evolui muito pessoalmente durante esse processo.


 Sua graça interpretou um total de duas personagens?
 Na realidade foram três haha. O Aladim o Rei Akbar e a estátua!


 Como se sentiu desde o processo de produção até os aplausos por parte do público?
 Acabei adiantando um pouco a resposta dessa pergunta em uma das respostas anteriores, o processo foi incrível com pessoas incríveis mesmo com seus momentos de estresse, tudo ocorreu de forma bem tranquila a escolha do personagem Aladim foi de minha partida... tivemos uma grande liberdade para criar as falas o esqueleto da cena e como ela iria se encaminhar, já o Rei Akbar que diga-se de passagem foi um grande presente eu não participei da criação do texto porem as coisas fluíram e apesar da dificuldade que tive de início graças a grandes pessoas que me ajudaram tanto eu consegui achar o Rei que existia dentro de mim haha. Me senti muito bem, rodeado de pessoas incríveis durante essa jornada.


 Quais valores o todo do espetáculo lhe trouxe junto aos seus personagens para o processo de seu viver?
 Alguns valores que já trazia antes foram reforçados como amizade, trabalho em equipe, esforço e etc. Uma coisa que ficou marcada e tento melhorar ainda é a autoconfiança uma das pessoas que me ajudaram muito me disse que eu tenho um potencial muito bom mas eu não acredito nisso ainda, e sobre a zona de conforto eu dei um passo mas ainda não sai de lá... preciso saltar de vez ainda haha.


 Para finalizar, se importa em expressar palavras que se tornem sinônimo de inspiração para o amigo leitor que também deseja viver em prol da arte? E também uma frase que seja capaz de descrever o que você sente por fazer algo que muito ama?
 A arte é algo belo mas não é algo fácil, com certeza não é fácil... mas é por isso que é algo que gosto tanto porque quando eu alcanço algo é algo pleno é algo que eu lutei pra conseguir, sempre foi assim na dança, no ator, no palco, no papel e na vida. A gente sabe que gosta de algo quando realmente nos esforçamos para que aquilo de certo! Não sintam medo mas se sentirem arrisquem do mesmo jeito porque é gratificante! Outra coisa importante tudo o que fazemos é arte desde acordar escovar os dentes se vestir comer beber conversar chorar sentir etc tudo é arte porque viver é ARTE!
Link
Relacionadas »
Comentários »