11/09/2012 às 22h59min - Atualizada em 11/09/2012 às 22h59min

Tecelagem, outros aspectos

O tear ainda em voga!

Baumont Artisanat

 

O tecido é composto pela disposição ordenada de fios: no sentido longitudinal (comprimento  ou urdume) e no sentido transversal (largura ou trama).

 

O tear foi desenvolvido para facilitar a produção artesanal do tecido. A partir disso, evoluiu, e veio a se transformar em arte familiar ou tribal.

 

Os teares mais simples são feitos com quatro varinhas. Devem ser cortados e amarrados os fios na vertical e passar os fios na horizontal. Isso é o que chamamos de base da tecelagem. Os pregos ou rebites ao lado dos fios verticais fazem com que o trabalho seja facilitado.

 

Tecer é um artesanato e uma arte popular nos nossos dias. Muitas vezes serve de uma terapia com ou sem fins lucrativos para muitas pessoas. Em algumas cidades do mundo, existe a Terapia Ocupacional, inclusive com faculdade com esse mesmo nome, que forma profissionais que serão utilizados em clínicas governamentais e particulares na recuperação de pessoas que tiveram membros mutilados do corpo ou que estão em adaptração durante algum evento cirúrgico, acidental ou não. E a tecelagem é uma dessas artes utilizada na reabilitação.

 

O tear possui vários modelos, dos mais rústicos, que eram e ainda são usados pelos índios, aos mais modernos, onde temos o tear de mesa, o com pedais, o para faixa, o de franja e muitos outros.

 

Portanto, tecelagem (tear) é uma parte da história da humanidadee que ainda vai continuar nos acompanhando.

 

Na próxima semana, iremos abordar novo assunto. Sempre falando de artesanato!

 

 

Quer mais sobre artesanato e decoração criativa? Conheça nossa Fan Page Baumont Artisanat!

Link
Tags »
Relacionadas »
Comentários »