29/08/2012 às 23h47min - Atualizada em 29/08/2012 às 23h47min

2ª parte - 6 perguntas básicas para um planejamento de mídias sociais

“O que?”, “Quem?”, “Onde?”, “Como?”, “Quando?” e “Por que?”

https://www.facebook.com/sosMidiasSociais

Continuação...

Neste artigo vamos falar sobre as perguntas, “Onde?”, “Como?”, “Quando?” e “Por que?”.

 

3ª pergunta: “Onde?”

Definidos o “O Que” e o “Quem”, temos que definir “Onde vamos vender/divulgar nosso produto/serviço ou ‘tema’ para nosso target?”.

 

Neste ponto é muito comum vermos empresas “pisando na bola”, uma vez que entram e criam perfis em 10 ou 12 redes sociais e, depois, não tem braço para alimentar atualizações nas mesmas, ou pior, nem sabem como essas redes funcionam e se seus clientes estão presentes ali.

Criar um perfil em uma rede social aleatória e deixá-lo “largado às traças” não ajuda nem um pouco o marketing da empresa.

 

Antes de criar um perfil em qualquer rede social, você deve primeiro conhecer a rede em questão. E, o que seria “conhecer a rede em questão”? R.: Saber como ela funciona, quais são suas ferramentas, aplicativos que podem ser úteis para sua empresa, analisar cases de empresas do mesmo setor que o seu na rede social que está sendo analisada (analise de concorrência) e, principalmente, efetuar pesquisas que lhe assegurem que seu target está realmente presente naquela rede social. Por exemplo: de que adianta uma funerária criar um perfil no foursquare? Imagine como seria estranho e ao mesmo tempo mórbido.

Sei que o exemplo é bem extremo, mas, infelizmente, vemos cada coisa por aí... =/

 

4ª pergunta – “Como?”

Tendo definidos os pontos de partida, agora temos que pensar em “Como vamos utilizar as redes sociais selecionadas no ponto anterior?”

 

Bem, creio que todos já estão familiarizados com a linguagem que é usada nas redes sociais, mas você já parou para se perguntar: “Como será que uma empresa deve agir nas redes sociais?”

Na minha opinião, a resposta para esta pergunta varia de acordo com o “O que” e o “Quem”.

 

Vai depender do produto/serviço ou “tema” oferecido e também de seu público-alvo, ou seja, não podemos criar um padrão para todas as empresas agirem nas redes sociais, pois uma Fan Page de um bar no Facebook não terá o mesmo conteúdo que a Fan Page de uma empresa de advogados ou de contabilidade.

O que eu sugiro neste ponto é que a equipe de mídias sociais vá sentindo, com o tempo, o  retorno dos internautas de acordo com o que for postado na programação da Fan Page e a cada semana analise os resultados. Isso deve ser feito constantemente porque, como já vimos aqui, devemos tratar cada caso como um caso diferente, personalizando o atendimento e fazendo com que o cliente se sinta bem-vindo e retorne mais vezes, mesmo que no primeiro, segundo ou até no terceiro contato não tenha gerado nenhum “lead”.

 

Outra dica que também pode ser usada é, após criar o perfil na rede social, antes mesmo de começar a interagir com seu target, faça um monitoramento desse target naquela rede social e veja como eles interagem e o que eles mais “curtem”, “comentam” e “compartilham”. Isso pode ser muito útil para as primeiras postagens e interações do perfil.

 

5ª pergunta – “Quando?”

Neste ponto temos, hoje em dia, diversos artigos e infográficos na internet que podem nos ajudar a conhecer ainda mais os melhores horários para se postar em cada rede social.

 

Que esses infográficos e artigos são muito bons para termos um “norte”, isso é verdade! Inclusive alguns deles eu imprimi e os deixei colados na parede como lembrete. Porém, lembro que, quando falamos de redes sociais, precisamos efetuar testes antes de afirmar qualquer coisa.

Faça testes em horários alternativos com postagens diferentes, com foto, com vídeo, somente texto, links, aos fins de semana, feriados, etc. Depois é só “pegar” os dados que você coletou e analisar os resultados.

 

Cada público é um público, cada caso é um caso e cada empresa é uma empresa diferente, por isso os testes são tão importantes!

E lembre-se: nas redes sociais, os internautas esperam respostas rápidas e práticas. Não deixe seu cliente esperando. Mesmo que você não tenha a resposta que ele precisa na hora em que ele interagiu com você, diga que está verificando e irá posicioná-lo em “x” horas ou até amanhã... É pior você não responder nada e deixar o cliente achando que está falando sozinho. Ah, e se você prometeu uma resposta em 5 horas, 8 horas ou 24 horas, cumpra o prazo combinado!!! Uma das piores coisas que você pode fazer em redes sociais é prometer algo e não cumprir.

 

6ª pergunta – “Por que?”

A última pergunta parece ser a mais fácil, mas não é!

 

Você já parou para pensar “Por  que sua empresa está investindo em mídias sociais?”

Se você não sabe a resposta, é bom rever o projeto inteiro, inclusive o planejamento de marketing da sua empresa.

 

Não estou dizendo que todas as empresas devem pensar somente em vender quando incluem sua marca em qualquer rede social. O que estou querendo deixar claro é que é preciso saber o motivo pelo qual a empresa optou pela criação do perfil na rede social “X” e não na rede social “Y” e “por que” esse perfil foi criado.

 

Foi criado apenas para divulgar sua marca? Foi criado para prospectar, fidelizar clientes e estabelecer um relacionamento estreito com seu target? Foi criado para compartilhar fotos? Foi criado para criar/divulgar promoções? Foi criado para aumentar a visibilidade do seu site?

Exemplo:

Criamos o perfil do nosso bar no Foursquare com o objetivo principal de criar promoções para nossos seguidores do Facebook e Twitter.

Na primeira promoção - O prefeito do mês ganhará uma comanda de R$ 100,00 para gastar à vontade no bar.

O Twitter nós usamos para estabelecer o primeiro contato com os possíveis clientes e mandá-los para a Fan Page no Facebook, que por sua vez tem mais recursos para interação e usaremos a mesma para fidelizar os clientes prospectados.

 

Conclusão

Mesmo sendo consideradas básicas, essas perguntas são indispensáveis na elaboração do planejamento de mídias sociais.

Para finalizar quero lembrar que não existe uma “receita de bolo” para o sucesso nas redes sociais. O resultado vem a longo prazo, com muita dedicação, trabalho e foco da equipe de marketing e mídias sociais.

 

 

Vou ficando por aqui. Espero que tenham curtido o artigo...

Até a próxima e obrigado pela visita!

 

Quer saber mais sobre mídias sociais? Acesse nossa Fan Page “s.o.s” Mídias Sociais

Link
Tags »
Relacionadas »
Comentários »