27/04/2016 às 12h27min - Atualizada em 27/04/2016 às 12h27min

Ah, aquele dia de nostalgia e o desejo de voltar no tempo...

o que fazer?

Bruna Medeiros - GAZETA

Aquela vontade de voltar uns dias atrás ou horas, meses ou anos e agarrar aquele pedacinho de tempo e não soltar mais, e ainda ter a ousadia de mudar umas pecinhas do xadrez da nossa vida, destronar alguns Reis e/ou Rainhas e mudar alguns pinos para mexer no destino. Quem sabe não topar algumas partidas, pois no jogo da vida tudo vai muito além. vez ou outra bate uma vontade de jamais ter concluindo algumas despedidas, de deletar alguns erros, engolir algumas palavras, sair de alguns lugares e nunca mais pisar neles, pedir perdão, fazer mais uma declaração e por ai vai... Ah quem dera fosse possível colocar a experiência de hoje no ontem, chega a dar uma sensação de felicidade perdida, mas será isso mesmo? Pode até ser que em alguns pontos do passado perdemos um tantinho de felicidade, mas uma coisa é fato e um clichê jamais seríamos quem somos hoje sem as marcas e os arrependimentos do ontem. Sendo assim, creio que nos cabe mesmo é perdoar nosso passado e viver o hoje de forma mais madura e responsável, entretanto sem neuroses e digo no sentido literal mesmo (“...as neuroses são fruto de tentativas ineficazes de lidar com conflitos e traumas inconscientes.), sem pressa, sem excesso de culpa e sem repetir os mesmos erros, porque também não há milagre que construa um futuro diferente, ele depende de novas atitudes e repetir erros não cabe nos novos sonhos. Depende também de detectar nossas deficiências sem “coitadismo”, buscando informação, conhecimento e ajuda de pessoas capacitadas e sérias nos pontos que não conseguirmos evoluir sozinhos e claro como sempre falo, buscando a contínua proteção e a vontade dAquele que nos criou, afinal existe alguém melhor para ajudar a cuidar de um futuro além dAquele que nos criou? Ele é o único que sabe do nosso passado, presente e futuro e conhece o íntimo dos nossos anseios, sonhos e caráter. O fabricante e/ou criador é o mais indicado para escrever um manual de instruções que é o que determina o bom funcionamento de algo e na maioria das vezes eles também contam com uma equipe para ajudar. Em suma amores, o que tenho para compartilhar hoje por experiência própria é que o passado já foi, o presente está em nossas mãos para desembrulharmos e fazer dele um amanhã mais feliz e estável. Identifique seus erros, busque o seu Criador e a equipe que Ele tem que O ajuda aqui em baixo escrevendo o seu manual e colaborando com você dia a dia, e jamais desista de crescer culturalmente, financeiramente, espiritualmente e aperfeiçoar seu caráter, mesmo que todas as estáticas da sua vida apontem o contrário e mesmo que a maioria diga que você nunca vai conseguir melhorar, não desista! Não viemos do acaso e não devemos viver por acaso e nem nos demorar pois tempo não para e pode nos engolir junto com nossos sonhos. Certa vez uma grande pessoa me disse algo que nunca vou esquecer e termino com isso: “O que importa nessa vida é trabalhar, comer, dormir e se divertir? - Mas, isso dai o meu cachorro faz muito bem. Devemos querer um pouco mais do que isso para nós, não acha?”

Beijus*

Link
Tags »
Relacionadas »
Comentários »