26/07/2012 às 10h45min - Atualizada em 26/07/2012 às 10h45min

Nem tudo é o fim,

Antes de tudo, não sei se eu exagerei no titulo. Calma, ninguém morreu!

www.nossotoiletfeminino.blogspot.com

Porém, uma que, a morte não é e nunca foi um tabu para mim (quem me conhece bem sabe, mas são diversos fatores que não cabem a esse texto, no momento, claro!).

Mas acordei diferente. Acordei com uma mistura de euforia e alivio.

Acho que o principio mais doloroso de recomeçar em determinados momentos da vida, é quando se perde alguém. Sim, a vida continua, e a morte não é necessáriamente o fim. Mas eu nunca soube lidar com perdas, e engatar tudo de novo também nunca foi meu forte. Sou estável e preciso cair bruscamente para conseguir me levantar. Também levamos em consideração que, a primeira palavra que me defina é Extremismo. Pode ser péssimo, mas hoje eu acho belo. Seria você provar meticulosamente cada gosto de cada minuto. Extrair cada sensação ao máximo. E não tem jeito....'eu nasci assim, eu cresci assim, eu sou mesmo assim, vou ser sempre assim....' ahahahaha.

Enfim, chorei demais essa manhã. Imaginei minha vida sem certas pessoas que, dedico o amor mais puro que possa existir. Eu sei que um dia essa hora vai chegar. Não estou me preparando (calma lá!) mas estou simplesmente feliz, por ter HOJE essas criaturas divinas em minha vida.

E, em meio a tantos 'problemas fúteis' que presenciamos todos os dias, e os mesmos são capazes de nos enfraquecer devido a uma certa deficiencia mental não tratada, eis que surge o maior motivo de felicidade de todos os tempos. A presença, a vida, o carinho ainda existente.

E como o que vale é hoje, posso dizer que sou (e que SOMOS, afinal sei que você também passa por isso) feliz no seu modo mais simples, por Deus permitir que, nesse dia, você ainda tenha pessoas singulares ao seu lado.

 

Um Brinde! E espero que tenham me entendido, ahaha.

 

Deixo aqui, uma parte de mim,

 

Juliane Oliveira.

 

www.nossotoiletfeminino.blogspot.com

 

Todos os direitos reservados. PLÁGIO É CRIME !

No Código Penal Brasileiro, em vigor, no Título que trata dos Crimes Contra a Propriedade Intelectual, nós nos deparamos com a previsão de crime de violação de direito autoral – artigo 184 – que traz o seguinte teor: Violar direito autoral: Pena – detenção, de 3 (três) meses a 1 (um) ano, ou multa.

 

Link
Tags »
Relacionadas »
Comentários »