15/06/2015 às 11h42min - Atualizada em 15/06/2015 às 11h42min

Ricarte Sales

Escritor

Thiago Santos

 Quem é o ser humano Ricarte Sales?

 Um ser humano relativamente normal. Focado. Persistente. Que sonha alto, que transforma tais sonhos em metas, mas, sempre ciente de que terei que trabalhar muito para alcançá-las.

 

 O primeiro livro, lembra?

 Foi ainda criança, meu pai tinha algumas antologias de poesias e literatura de cordel. Foi o meu primeiro contato com a literatura. O primeiro livro de ficção que li não lembro, mas lembro do primeiro que me despertou grande fascínio: "O Assassinato de Roger Ackroyd" da Agatha Christie, o final deste livro é paralisante. Posteriormente, li muitos outros dela, mas este particularmente é o seu melhor. 

 

 Paixão especial pelas tramas de ficção política?

 Sim, o poder que poucos tem e exercem direto ou indiretamente sobre muitos, principalmente sobre as massas, cruel e ao mesmo tempo fascinante. O livro 1984 de George Orwell, foi um dos que mais me despertaram interesse nessa área.  

 

 Quando afirmou para si mesmo que seria um artista nesta que é uma das mais belas artes, a escrita?

 Apesar de ser leitor já há um certo tempo, quando decidi realmente escrever eu já tinha quase trinta anos. Foi meio de repente.  Gostaria de ter começado mais cedo como a maior parte dos demais escritores fazem, mas tudo bem, acho que o bom texto vem mesmo só depois de certa vivência.   

 

 Recorda a sensação do primeiro texto escrito?

 Não foi boa, rs rs, os primeiros textos nunca saem bons.

 

 Quais foram as inspirações ou fontes para que viesse a escrever, 2111 D.C., O Condado dos Expatriados?  

 Além do livro "1984" que eu já citei, eu poderia citar um livro do "Mario Puzo" chamado: "O Quarto K" um livro muito bom mas pouco conhecido no Brasil. Poderia citar também alguns filmes que marcaram minha infância e adolescência como: "Crepúsculo de Aço"  "O Segredo das Águas" e "Mad Max".    

 

 Imagino que sorrisos vieram em seus lábios no momento em que tocou no seu livro já publicado?

 Na verdade, ainda não foi lançado. Sairá mais ou menos no final de julho. O local de lançamento também ainda não foi definido. 

 

 

 

 

 O Capitão "Zus Airã" carrega em si quais características existentes nos seres humanos?

 Coragem, bom humor como forma de autodefesa, criatividade, inteligência e consequentemente as muitas dúvidas existenciais que ele suscita.   

 

 Ao concluir a leitura de sua obra quais princípios ou lições serão acrescentados o todo de meu viver? 

 Na verdade, não tive ou tenho este tipo de preocupação. Os personagens são bastante humanos,  sempre ladeados por suas qualidades e defeitos; qualidades e defeitos os quais não diferem muito das de qualquer um, independentemente da época ou localidade que se encontre.   

 

 Para finalizar nos fale dos seus projetos atuais e futuros!

 No momento, estou trabalhando na segunda parte da Trilogia. Tenho dois outros livros em processo de gestação, rs, rs, mas ainda é muito cedo para falar deles. Minha prioridade é concluir a Trilogia.

 Meus contatos: 

 https://www.facebook.com/211dc?ref=hl

http://www.lereditorial.com/#!ricarte-sales/c137g  

 

 

Link
Tags »
Relacionadas »
Comentários »