12/05/2015 às 16h53min - Atualizada em 12/05/2015 às 16h53min

A mineira que conquistou uma legião de fãs na internet com o Blog que leva seu nome e fala de moda e beleza

Sabrinna Zanini: Como surgiu a ideia de fazer o blog?

Rayssa Trindade: Eu sempre gostei do mundo da moda e adorava compartilhar sobre ela na minha página pessoal. Então, em um belo dia de sol, meu tio Leonardo que é webdesigner me propôs criar um blog, eu topei na hora. Deste modo que estou falando, sem pretensão alguma, deu super certo.

 

Sabrinna Zanini: Quando você viu que começou a fazer sucesso o seu blog?                     

Rayssa Trindade: Na primeira vez que ele atingiu 2 mil acessos em um dia. Eu pensava que ninguém acessaria meu blog e caí em lágrimas quando percebi que as pessoas amavam o blog.

 

Sabrinna Zanini: Qual você acha que foi o motivo do sucesso do blog?


Rayssa Trindade: Eu sou muito “eu” no blog. Não finjo as coisas, sou muito espontânea, as meninas se identificam comigo, elas se sentem minhas amigas. O “segredo” do sucesso é se conectar com as leitoras sendo você mesmo.

 

Sabrinna Zanini: Você tem uma equipe trabalhando com você?


Rayssa Trindade: Sou eu quem faço tudo no blog, minha equipe é quem estiver perto para clicar uma foto, e quando não tem ninguém eu busco o tripé e lá vou eu. Normalmente quem me fotografa é minha mãe, irmã ou meu namorado.

 

Sabrinna Zanini: Na sua opinião qual será o futuro dos blogs?

Rayssa Trindade: Eu acredito que os blogs tem que ter um diferencial para sobreviverem. Tudo nasce, tem o “bom” e caminha para decadência. Teremos que nos reinventar para não atingirmos essa decadência.

 

Sabrinna Zanini: E as roupas que você veste: tudo você ganha ou tem “coisas” que você compra?

Rayssa Trindade: Eu ganho muitas roupas, sapatos, acessórios e mimos, então eu reduzi as minhas compras nos últimos anos. Mas continuo indo nas lojas comprar, porque como toda mulher eu amo passar uma tarde no shopping.

 

Sabrinna Zanini: E quais as blogueiras que você considera suas concorrentes?  

Rayssa Trindade: Eu não acredito em concorrência no mundo dos blogs, pois cada uma possui um estilo e um público alvo. Por exemplo, uma loja da minha cidade fez um trabalho comigo e com mais duas blogueiras, e os trabalhos ficaram completamente diferentes, porque cada blogueira é única.

 

Sabrinna Zanini: E o que é o mais legal e o mais chato de ser uma personalidade de internet?

Rayssa Trindade: Definitivamente o mais legal é o carinho das leitoras, eu amo ler os comentários, os emails, esse retorno é muito motivador pra mim. Eu não vejo nada de chato, mas se fosse pra falar algo seria o cuidado que tenho que ter para não ser mal interpretada.

 

Sabrinna Zanini: As pessoas te abordam na rua? Nunca aconteceu alguma coisa que você julgue inconveniente?

Rayssa Trindade: Sim e é a coisa que eu mais amo, porque elas me conhecem, estão diariamente comigo no blog. Nada é inconveniente, mas um dia eu fiquei desesperada, porque encontrei com uma leitora que não conseguia parar de chorar de alegria ao me conhecer. Hoje eu conto esse caso achando engraçado, mas na hora eu só queria que ela parasse de chorar, quase que eu chorei junto, (risos).

 

Sabrinna Zanini: Quais os planos para o futuro?


Rayssa Trindade: Eu acabei de me formar em Direito, já passei na OAB, mas meu objetivo no trabalho é a magistratura e docência. Eu vou continuar com o blog como hobby, aliás ele sempre foi uma diversão, enquanto eu puder conciliar com meu trabalho.

 

Sabrinna Zanini: O que você lê?

Rayssa Trindade: Desde pequena eu sou uma devoradora de livros. Ler para mim é um universo mágico, um mundo encantado. Sou muito eclética, adoro trilogias como “Divergente”, livros adolescentes como “A seleção”, livros de suspense de Aghata Christie e até mesmo leituras mais maduras como “A Cabana” e “Caçador de Pipas”. Ler é um dos maiores prazeres que a vida pode oferecer.

 

Sabrinna Zanini: E quais as suas marcas favoritas?


Rayssa Trindade: Eu não me importo com a etiqueta da roupa que eu uso, gosto de Hering à Le Lis Blanc. Mas contabilizando pelas que eu uso com mais frequência, eu diria que seriam Iorane, Skazi, Forever 21 e Animale.

 

Sabrinna Zanini: Se você fosse convidada para fazer uma parceria com uma marca internacional, qual escolheria?

 Rayssa Trindade: Definitivamente seria a Chanel, pois a marca, além de ser referência no mundo todo, representa todas as qualidades que uma mulher deveria ter: elegância e delicadeza. Seria uma experiência única trabalhar com o Karl Lagerfeld, a mente por traz da marca, pois ele possui um talento e visão que são únicos.

 

Fotos: Mateus Dias/Higor Almeida

 

Link
Tags »
Relacionadas »
Comentários »