02/06/2015 às 14h48min - Atualizada em 02/06/2015 às 14h48min

Prefeitura de Campinas irá disponibilizar aplicativo para controle de diabetes

Médicos e nutricionistas vão poder acompanhar o dia a dia de pacientes com a doença. Software deve ser disponibilizado à população ainda neste semestre

Com uma população de mais de 950 mil habitantes e área territorial dividida em urbana e rural, o município de Campinas (SP) entrou para o circuito de cidades inteligentes brasileiras ao elaborar o Programa Integrado de Cidades Inteligentes, que integra sistemas de serviços essenciais à população com o objetivo de melhorar a qualidade de vida. Dentre os projetos desenvolvidos no programa, uma das novidades deste semestre será a disponibilização do aplicativo “GlicOnline” para os moradores que possuem Diabetes tipo 1 e 2. 

“O aplicativo já existe no mercado há algum tempo, mas ainda está em fase de implantação e testes com os profissionais da área de saúde da cidade para que possam indicar à população. O objetivo é que todos os pacientes de diabetes, que façam tratamento no Hospital Mário Gatti, utilizem esse recurso para que médicos e nutricionistas acompanhem constantemente, e mais de perto, a evolução de cada paciente e o controle das taxas de glicemia”, explica a diretora de Desenvolvimento Econômico da Prefeitura de Campinas, Mariana Savedra.

Desenvolvido por uma startup da própria cidade, o aplicativo possui uma área dedicada ao cadastro de medicamentos utilizados, o valor da medição de glicemia, realizada pelo paciente diariamente, e qual será sua próxima refeição. Com todos estes dados, o aplicativo calcula o índice de carboidratos ingeridos e aponta a dose adequada de insulina que deverá ser ministrada. Todos os dados ficam registrados para que o médico ou nutricionista que acompanha o usuário possa consultar o andamento e fazer eventuais interferências se necessárias. Assim que finalizada a fase de testes, o aplicativo poderá ser baixado gratuitamente em smartphones com sistema Android. 

Buscas Medicamentos Campinas - Além do GlicOnline, a prefeitura de Campinas possui outro aplicativo voltado à área da saúde. O “Buscas Medicamentos Campinas”  permite consultar a disponibilidade de medicamentos nos centros de saúde da cidade. 

“A intenção é otimizar o tempo dos cidadãos na busca por medicamentos. Implantamos este aplicativo recentemente e, por ser muito prático, temos uma boa adesão da população”, ressalta a diretora.

Projetos Inteligentes - Outros investimentos em projetos do Programa Integrado de Cidades Inteligentes estão sendo realizados para a otimização de sistemas no município, que se intitula como território inteligente, uma vez que possui extensão territorial urbana e rural. “Não trabalhamos só com o conceito de cidade inteligente porque 50% da área territorial é rural”, explica Mariana.

A diretora enfatiza que o município tem o auxílio de grupos especiais de trabalho que monitoram e discutem tecnologias para implantar melhorias nos serviços públicos e internos da cidade. “No Paço Municipal, por exemplo, estamos com um projeto de eficiência energética, com a instalação de paineis fotovoltáicos para a geração de energia. Na área rural, possuímos cerca de 1.200 propriedades, sendo que 400 já passaram pelo processo de georeferenciamento e cadastramento para que serviços hospitalares e de policiamento possam chegar rapidamente ao campo. Ainda faltam cadastrar 800 propriedades para a conclusão do trabalho”.

Os projetos implantados e as futuras ações de integração de sistemas em Campinas serão apresentados durante a primeira edição do Connected Smart Cities, evento voltado às cidades inteligentes brasileiras, nos dias 03 a 05 de agosto, em São Paulo (SP). Mais informações podem ser conferidas no site oficial do evento http://www.connectedsmartcities.com.br/ 
  

Sobre o Connected Smart Cities  - http://www.connectedsmartcities.com.br/ 

Em sua primeira edição, o Connected Smart Cities irá reunir empresas, entidades e governos para promover a discussão, a troca de informações e a difusão de ideias para que as cidades brasileiras possam tornar-se mais inteligentes, conectadas e subam um degrau na escala de desenvolvimento na próxima década, aproximando-se dos índices das cidades inteligentes modelos do mundo. Paralelamente ao Fórum de discussões e à area expositora, será entregue o Prêmio Connected Smart Cities e divulgado o inédito Ranking Connected Smart Cities das cidades com maiores potenciais de desenvolvimento. O evento, organizado pela Sator, acontecerá de 03 a 05 de agosto, no Centro de Eventos Pro Magno, em São Paulo, e tem como aliados estratégicos a Demarest, Urban Systems, o Centro de Tecnologia de Edificações (CTE) e Neurônio - Ativação de Negócios e Causas, além do apoio de mais de 30 organizações de diversos setores atuantes nos segmentos do evento.

Sobre a Sator
A Sator nasceu em 2005 como uma empresa de produção de eventos, passou a oferecer serviços de comercialização e comunicação para os eventos que organizava e, mais recentemente, descobriu-se como uma organização desenvolvedora de plataformas de negócios, que consiste em identificar, planejar e desenvolver oportunidades por meio de encontros presenciais como seminários, feiras, rodadas de negócios, mídia online e impressa. A empresa conta com uma ampla experiência na organização de eventos como a Airport Infra Expo, Sustainable Brands, Unomarketing, Ciclo Era Digital, dentre outros.

Assessoria de Imprensa -  Connected Smart Cities 
Conteúdo Empresarial - Comunicação Integrada
Tel: (11) 3230-7434 / (13) 3304-7437 / 3304-7438  
www.conteudoempresarial.com.br 

Atendimento à imprensa
Michele Carvalho - michele@conteudoempresarial.com.br
Skype: conteudo.empresarial3

Valeria Bursztein - valeria@conteudoempresarial.com.br
Skype: vbursztein

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »