26/09/2019 às 18h20min - Atualizada em 01/10/2019 às 10h18min

Jogadores paulistas dominam poker no cenário nacional

José Arenstein (foto) é um dos destaques de São Paulo

José Arenstein (foto) é um dos destaques de São Paulo


Assim como acontece no calendário ativo de vários esportes, o poker entra na sua reta final com os últimos três meses de jogo em 2019 e os jogadores paulistas estão brigando na parte de cima para buscar os principais títulos do cenário nacional.

No conceituado e já tradicional Brazilian Series of Poker (BSOP), São Paulo conta com representantes de alta qualidade que reafirmam a qualidade do poker jogado nesse movimentado Estado.

O BSOP é amplamente reconhecido como o campeonato brasileiro mais importante da modalidade. Ainda mais do que isso, o mundo do poker o classifica como o grande circuito do hemisfério sul. Inaugurado em 2006, ele cresceu de maneira explosiva e rapidamente ganhou proporções internacionais.

Em 2019, mais uma vez o BSOP contou com uma edição internacional. Logo na primeira etapa da temporada, Puerto Iguazu, cidade que faz fronteira com o Paraná, inaugurou os trabalhos.

Neste ano, o BSOP contará com sete etapas e cinco já foram concluídas, com direito a duas delas realizadas na capital paulista. O próximo evento será na charmosa Gramado e acontecerá no Wish Serrano Resort & Convention entre os dias 3 a 8 de outubro.

Para a penúltima etapa do ano, Guilherme Trevisan, de Votuporanga, está na terceira colocação geral do ranking do BSOP com o total de 2.026 pontos conquistados e é o melhor paulista colocado até o momento.

Nesse circuito, o Main Event, também conhecido como etapa principal, é o mais cobiçado por todos os jogadores. No entanto, várias dezenas de outros torneios são disputados paralelo ao principal e que, consequentemente, também geram pontuação para o ranking geral.

Trevisan já foi campeão de um dos cinco Main Event já realizados na atual temporada. Na ocasião, o jogador votuporanguense se destacou na terceira etapa do ano realizada em Salvador e conquistou 800 pontos totais.

Além do título, com a sua primeira vitória no Main Event do BSOP Trevisan conquistou um cheque de R$ 203 mil e muito respeito no cenário do poker nacional.

“Sempre tive um sonho, uma vontade, porque eu amo esse esporte da mente. Tudo que eu faço na minha vida, eu me dedico demais. Desde a época da faculdade, também na época de profissional de carteira assinada, e eu percebi que chegou um momento da minha vida que aquilo que me dava mais prazer não era me dedicar mais à minha profissão, mas estudar mais sobre poker e me desenvolver nessa área”, disse Trevisan no início do ano em uma entrevista para o site Superpoker.

O líder geral da temporada do BSOP é Marcelo Mesqueu, carioca que conta com 3.394 pontos conquistados. Vai ser difícil superar a marca do jogador nas próximas duas etapas restantes, mas Trevisan tem qualidade para incomodar a vida do primeiro colocado e ainda sonhar com o que seria o inédito título do ranking geral.

O ranking geral não é o único que premia o competidor com um título no fim da temporada do BSOP. O ranking do Mixed Games e do Omaha também são contabilizados, mas por serem de variantes distintas eles acabam sendo considerados rankings secundários.

Apesar de não contarem com a mesma importância que o ranking geral, as partidas de Omaha e Mixed Games são muito disputadas e intensas e há paulistas que estão brigando ferrenhamente pelo título de ambas em 2019.

No Omaha, modalidade em que geralmente há mais ação e variância do que o tradicional Texas Hold’em, o líder é o também carioca Pablo Almeida de Menezes, que conta com um total de 830 pontos. No entanto, o paulista Bruno Gazotto o acompanha de perto com 685 pontos conquistados.

Especialista em torneios Omaha há muito tempo, Bruno já conseguiu sucesso até mesmo internacional em 2019. Em um torneio disputado em Las Vegas, em junho deste ano ele foi campeão do DeepStack Championship Poker Series e embolsou cerca de US$ 27 mil.

Já no Mixed Games, São Paulo tem em José Arenstein um grande representante na modalidade. Atual campeão brasileiro nessa variante, em 2019 ele está mantendo a ótima fase e até o momento se encontra na terceira posição com 395 pontos conquistados.

Arenstein é seguido de perto por Anthony Barranqueiros, jogador de Jundiaí que já foi campeão de um Main Event nesta temporada durante uma etapa realizada em Rio Quente (Goiás).

“É um sonho realizado. Confesso que a ficha ainda não caiu, eu quase desmaiei na hora da comemoração, mas é bom demais. Ia ficar muito chateado se não saísse daqui com esse título. Sempre sonhei em ser campeão”, disse Anthony após o título.

No Mixed Games, Barranqueiros está com a quarta colocação geral, com o total de 390 pontos e apenas cinco atrás de Arenstein.

Jogadores paulistas também brilham no poker online

Faz anos que o poker no celular virou muito mais do que um simples hobby. Diversos jogadores já são profissionais nessa modalidade disputada online e vários paulistas estão em destaque.

São Paulo conta com diversos competidores nos holofotes que são postulantes à honraria de melhor jogador brasileiro do poker online de 2019. Entre eles, os mais conceituados são Cássio Kiles (10º), Caio Pessagno (13º) e Pedro Padilha (32º).

Caio (foto) é um veterano de longa data no poker nacional

Caio (foto) é um veterano de longa data no poker nacional

Entre esses jogadores, o mais famoso certamente é Pessagno. Em 2013, o atleta conseguiu pela primeira vez alcançar a liderança do ranking mundial, feito que poucos brasileiros obtiveram em toda história do poker nacional.

Atualmente, são 22 jogadores representantes de São Paulo que ocupam as 100 primeiras colocações do ranking nacional. Como é de se esperar, nenhum outro Estado conta com tantos competidores no topo.

O histórico recente e a fase atual mostram que São Paulo está na elite do poker nacional e existe a real possibilidade de algum jogador do Estado vencer um dos três rankings do BSOP. A etapa derradeira da temporada acontecerá na capital paulista entre novembro e dezembro e finalmente revelará os grandes campeões da competição.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »